Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Águas 'quentes' da Síria: fragata russa persegue submarino nuclear dos EUA

Durante sua última missão no mar Mediterrâneo em abril passado, a fragata Admiral Essen da Marinha russa conseguiu detectar e perseguir um submarino nuclear dos EUA perto da costa síria. Essa informação foi só agora tornada pública.
Sputnik

A fragata Admiral Essen, pertencente à Frota do Mar Negro, perseguiu o submarino estadunidense da classe Ohio durante mais de duas horas, comunica o jornal russo Izvestiya, citando o Estado-Maior da Marinha russa.

A tripulação do navio russo registrou os parâmetros principais do submarino para, em seguida, os adicionar ao retrato acústico do submersível.

A fragata havia partido para o mar Mediterrâneo em março e regressou à base de Sevastopol no fim de junho. Encontrava-se na zona costeira síria quando os EUA, o Reino Unido e a França atacaram a Síria com mísseis.

Além disso, no decurso da missão, a sua tripulação realizou uma série de manobras táticas. Em particular, treinou ataques contra alvos marítimos e aéreos, combate em grupo e isolado, bem como…

Rússia começa a testar 'balas inteligentes'

Na Rússia começaram os testes de "balas inteligentes" que podem atingir alvos a uma distância de 10 km, afirmou nesta terça (19) Vitaly Davydov, vice-diretor da Fundação de Estudos Avançados da Rússia.


Sputnik

"O trabalho neste sentido está continuando. Já terminou a fase de criação e de testes do produto em modo não guiado e começaram testes de modo guiado pelo usuário", comunicou Davydov.


Material bélico.
Pedro Ribas / ANPr

Anteriormente, foi relatado que a nova arma de alta precisão pode destruir o inimigo a uma distância de 8-10 km. Também será desenvolvido o equipamento especial para este tipo de munição, que não pode ser utilizado numa arma de fogo convencional.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas