Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

Soldados russos serão capazes de falar com equipamentos por input vocal

O equipamento de combate russo Ratnik vai ser dotado até o fim de 2019 de um sistema de reconhecimento de voz, o que deve aumentar o desempenho militar dos soldados.


Sputnik

Numa entrevista à Sputnik, o chefe da empresa russa "Tintan-serviço informático" Konstantin Lamin revelou informações sobre a nova tecnologia que vai ser desenvolvida no domínio militar na Rússia.


Um soldado mostra equipamento militar Ratnik no âmbito de exercícios militares na região de Moscou.
Um soldado mostra equipamento militar Ratnik no âmbito de exercícios militares na região de Moscou.© Sputnik/ Alexey Filippov

"Esta tecnologia permitirá ganhar segundos muito importantes no campo de batalha para salvar as vidas de nossos soldados", comunicou ele.

Ele comparou o sistema de reconhecimento de voz do equipamento com o fone de ouvido que permite a realização de conversa telefônica no volante, o que vai diminuir consideravelmente os riscos de acidentes.

"A opção do input vocal permite ao soldado a se concentrar no combate e, ao mesmo tempo, se mover, disparar, observar o inimigo e dar ordens a um computador", explicou ele.

Além disso, o soldado vai ser capaz de comunicar com os companheiros de equipe, dar ordens, ouvir conselhos através do sistema avançado e receber mensagens eletrônicas.

Os pesquisadores também querem desenvolver um sistema de controle por gestos.

O equipamento de combate de segunda geração Ratnik combina armas ligeiras modernas, dispositivos da defesa, bem como meios de reconhecimento e comunicação.



Postar um comentário