Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Águas 'quentes' da Síria: fragata russa persegue submarino nuclear dos EUA

Durante sua última missão no mar Mediterrâneo em abril passado, a fragata Admiral Essen da Marinha russa conseguiu detectar e perseguir um submarino nuclear dos EUA perto da costa síria. Essa informação foi só agora tornada pública.
Sputnik

A fragata Admiral Essen, pertencente à Frota do Mar Negro, perseguiu o submarino estadunidense da classe Ohio durante mais de duas horas, comunica o jornal russo Izvestiya, citando o Estado-Maior da Marinha russa.

A tripulação do navio russo registrou os parâmetros principais do submarino para, em seguida, os adicionar ao retrato acústico do submersível.

A fragata havia partido para o mar Mediterrâneo em março e regressou à base de Sevastopol no fim de junho. Encontrava-se na zona costeira síria quando os EUA, o Reino Unido e a França atacaram a Síria com mísseis.

Além disso, no decurso da missão, a sua tripulação realizou uma série de manobras táticas. Em particular, treinou ataques contra alvos marítimos e aéreos, combate em grupo e isolado, bem como…

100º Sukhoi Su-34

Poder Aéreo

MOSCOU – A fábrica de aeronaves Novosibirsk Aircraft Production (NAZ) deverá em breve entregar o 100º caça-bombardeiro tático Sukhoi Su-34 (NATO: Fullback) desde que o programa de produção foi lançado, informou um funcionário da NAZ à agência russa de notícias TASS. 


100º Sukhoi Su-34
 

O programa de desenvolvimento e produção do Su-34 incluiu a fabricação de 10 protótipos, dos quais oito foram destinados a testes de voo e dois para testes estáticos. A primeira unidade de produção do Su-34, cuja construção a NAZ começou em 2005, foi recebida pela Força Aérea Russa em dezembro de 2006. Foi o nono Su-34 construído pela fábrica.

A Força Aeroespacial Russa prevê a entrega de 150 a 200 aeronaves do tipo.

O bombardeiro tático Su-34 é projetado para atacar alvos de superfície, incluindo alvos móveis, por meio de uma grande variedade de armas, incluindo munições guiadas de precisão. A aeronave pode lidar com ameaças aéreas também e pode operar em qualquer tempo. Realizou seu voo inaugural em 1990 e entrou em serviço em 2014.

A velocidade máxima de alta altitude do Su-34 é de 1.900 km/h, e alcance ferry é de 4.000 km. A aeronave é capaz de reabastecimento em voo e é propulsada por um par de turbofans AL-31F, cada um produzindo o empuxo de 12.500 kgf em pós-combustão. O avião é tripulado por dois pilotos em cockpit com configuração lado a lado.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas