Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Caça F-22 dos EUA faz pouso de emergência no Alasca

Nesta quarta-feira (11), um caça de quinta geração F-22 Raptor da Força Aérea dos EUA fez um pouso de emergência em uma base militar no Alasca, de acordo com a agência AP.
Sputnik

De acordo com a agência, a aeronave aterrissou na base de Elmendorf-Richardson, na cidade de Anchorage, devido a uma falha no funcionamento do chassi de aterrissagem.

As imagens do acidente divulgadas pelo Facebook demonstram que uma das rodas não saiu e a aeronave acabou pousando sobre sua asa esquerda.

O piloto saiu ileso. Entretanto, a porta-voz da Força Aérea dos EUA, Erin Eaton, informou sobre o início de uma investigação da ocorrência.

Outros acidentes

O avião F-22 é um caça bimotor monolugar produzido pela corporação norte-americana Lockheed Martin. A Força Aérea dos EUA conta com 186 aeronaves do modelo.

Em abril, foi registrada uma falha de motor em um F-22 durante a decolagem da base aérea de Fallon, como resultado a aeronave acabou caindo sobre a pista.

Outro acidente, que também ocorreu em abril, teve lu…

100º Sukhoi Su-34

Poder Aéreo

MOSCOU – A fábrica de aeronaves Novosibirsk Aircraft Production (NAZ) deverá em breve entregar o 100º caça-bombardeiro tático Sukhoi Su-34 (NATO: Fullback) desde que o programa de produção foi lançado, informou um funcionário da NAZ à agência russa de notícias TASS. 


100º Sukhoi Su-34
 

O programa de desenvolvimento e produção do Su-34 incluiu a fabricação de 10 protótipos, dos quais oito foram destinados a testes de voo e dois para testes estáticos. A primeira unidade de produção do Su-34, cuja construção a NAZ começou em 2005, foi recebida pela Força Aérea Russa em dezembro de 2006. Foi o nono Su-34 construído pela fábrica.

A Força Aeroespacial Russa prevê a entrega de 150 a 200 aeronaves do tipo.

O bombardeiro tático Su-34 é projetado para atacar alvos de superfície, incluindo alvos móveis, por meio de uma grande variedade de armas, incluindo munições guiadas de precisão. A aeronave pode lidar com ameaças aéreas também e pode operar em qualquer tempo. Realizou seu voo inaugural em 1990 e entrou em serviço em 2014.

A velocidade máxima de alta altitude do Su-34 é de 1.900 km/h, e alcance ferry é de 4.000 km. A aeronave é capaz de reabastecimento em voo e é propulsada por um par de turbofans AL-31F, cada um produzindo o empuxo de 12.500 kgf em pós-combustão. O avião é tripulado por dois pilotos em cockpit com configuração lado a lado.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas