Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

O Brasil tem poder de fogo para proteger a riqueza da Amazônia Azul? (VÍDEO)

Devido à enorme riqueza natural, a porção de mar sob jurisdição brasileira é também conhecida como Amazônia Azul. A área é um dos mais importantes patrimônios naturais brasileiros e é uma preocupação para o setor de Defesa. Para comentar o assunto, a Sputnik Brasil ouviu Ricardo Cabral, pesquisador da Escola de Guerra Naval da Marinha do Brasil.
Sputnik

O pesquisador falou sobre a importância comercial e estratégica, o potencial energético, científico e as obrigações internacionais do Brasil com as áreas da Amazônia Azule seu entorno. Ele também descreveu o atual estado da esquadra da Marinha brasileira, que carece de investimentos e pleiteia junto ao novo governo federal uma fatia maior do orçamento público, limitado pela Emenda Constitucional nº 95.


Foi a própria Marinha brasileira que cunhou o termo "Amazônia Azul", em referência ao tamanho da biodiversidade e dos bens naturais encontradas em sua área. No entanto, a área marítima é ainda maior do que porção brasileira da flo…

Argentina busca mais helicópteros russos

Ivan Plavetz | Tecnologia & Defesa

De acordo com fontes da imprensa local, durante visita do comandante do Exército da Rússia, general Oleg Saliukov, a Buenos Aires em julho, esteve na pauta de discussões desenvolvidas com o ministro da Defesa da Argentina, Julio Martinez, o fornecimento de mais helicópteros russos Mi-171 para a Argentina. 


Mil Mi 171

Conforme as mesmas fontes, há negociações para que o país sul-americano receba até três novos helicópteros Mi-171, que terão como uma das principais finalidades cumprir missões na Antártica. Uma vez concretizado o negócio, os helicópteros se juntarão aos dois Mi-171 que já estão em serviço, ambos operadas pelo Esquadrão Aéreo III da VII Brigada Aérea sediada em Mariano Moreno, província de Buenos Aires.

Adquiridos em 2010, a FAA emprega os dois Mi-171 na Antártica desde dezembro de 2013 prestando apoio às atividades que a Argentina mantém no Continente Branco, incluindo pesquisas científicas realizadas no verão austral operando a partir da Base Marambio.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas