Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares norte-americanos acreditam que EUA entrarão em guerra

Quase metade do Exército dos EUA está confiante de que durante o ano de 2019 seu país estará envolvido em um grave conflito armado, de acordo com o Military Times.
Sputnik

Segundo uma pesquisa recente, 46% dos participantes não duvidam que o confronto militar ocorrerá no próximo ano.


A título de comparação, em 2017, apenas 5% dos militares dos EUA esperavam um conflito armado, enquanto 50% descartaram um cenário de guerra e 4% não responderam.

Quanto aos inimigos mais prováveis, os soldados dos EUA mencionaram principalmente a Rússia e a China. Respectivamente, 72% e 69% dos entrevistados escolheram esses dois países.

Além disso, cerca de 57% estão preocupados com a presença de extremistas islâmicos nos Estados Unidos. Em particular, 48% destacaram uma possível ameaça por parte dos grupos terroristas Daesh e Al Qaeda (proibidos na Rússia e em outros países).

Ataque suicida deixa ao menos 8 mortos na Líbia

Pelo menos oito pessoas morreram e 16 ficaram feridas em um ataque suicida contra um grupo de soldados na cidade de Bengazi, no noroeste da Líbia. A informação é da agência Al Arabiya, citando médicos locais.


Sputnik

Até o momento nenhuma organização terrorista reivindicou a responsabilidade pelo ataque. 


Soldado l[ibio leal ao governo internacionalmente reconhecido patrulha uma rua na cidade costeira de Bengazi em 28 de fevereiro de 2015
© AFP 2016/ ABDULLAH DOMA

Em Benghazi, as forças armadas controladas pelo Parlamento com base Tobruk combatem grupos jihadistas como a Al Qaeda e o Daesh (Estado Islâmico).


Postar um comentário

Postagens mais visitadas