Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Adeus a tecnologias 'stealth': novo radar russo pode detectar aviões furtivos

Tecnologias russas capazes de detectar aviões furtivos do inimigo podem vir a fazer parte do sistema da defesa antiaérea unida da OTSC – Organização do Tratado de Segurança Coletiva, declarou o chefe do Estado-Maior Conjunto da aliança, Anatoly Sidorov.
Sputnik

Inovações russas capazes de desativar tecnologias furtivas do inimigo podem vir a ser usadas na criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, declarou militar, citado pelo jornal Rossiyskaya Gazeta. Sidorov comentou que essas inovações seriam eficazes tanto contra aviação do inimigo como contra ataques com mísseis.



O sistema Rezonans-NE funciona graças ao princípio de reflexão ressonante de ondas de rádio da superfície de aparelhos aéreos, facilitando vigilância de aeronaves e mísseis do inimigo, explicou Aleksandr Scherbinko, vice-diretor executivo da empresa de design Rezonans.

"Este modelo pode ser de grande interesse, levando em consideração criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, cuja inauguração est…

Ataque talibã a hotel em Cabul termina com um policial morto

Carro-bomba invadiu Northgate e provocou explosão.
Tiroteio deixou outros três jihadistas mortos.


France Presse


Os talibãs lançaram um carro-bomba contra um hotel para estrangeiros em Cabul, no Afeganistão, na madrugada desta segunda-feira (1º). Por sete horas, houve confronto dos terroristas com as forças de segurança. Um policial morreu e três ficaram feridos. 


Guarda de segurança afegão em imóvel danificado após ataque suicida em Cabul (Foto: Wakil Kossar / AFP Photo)
Guarda de segurança afegão em imóvel danificado após ataque suicida em Cabul (Foto: Wakil Kossar / AFP Photo)

Os três talibãs que executaram o ataque, incluindo o motorista do caminhão, morreram no atentado. Nenhum civil ficou ferido, segundo as forças de segurança, ao contrário do que anunciaram os insurgentes.

Na madrugada desta segunda, pouco depois de 1h30, a capital afegã acordou com o barulho de uma forte explosão, do momento em que os criminosos conseguiram invadir o hotel Northgate, protegido por grandes muros, com o carro-bomba.

Em seguida, houve um corte de energia elétrica de vários minutos. Os talibãs reivindicaram imediatamente a operação no hotel que já havia sido atacado em 2013.

O hotel fica na estrada de Bagram, perto do aeroporto militar e do aeroporto internacional de Cabul.

Em mensagem postada no Twitter, os talibãs anunciaram que o caminhão lançado contra o hotel pertencente aos "invasores americanos" abriu caminho para que combatentes entrassem na instalação com lança-granadas e armas.

As forças de segurança e a polícia estabeleceram um amplo perímetro de segurança ao redor do hotel. Durante a operação não divulgaram informações, ao contrário dos talibãs, que clamaram vitória nas redes sociais.

O porta-voz dos insurgentes, Zabihullah Mujahid, chegou a afirmar que os talibãs "mataram e feriram uma centena de invasores americanos".

As forças especiais aguardaram o amanhecer para atuar e mataram os dois talibãs que permaneciam entrincheirados.

O ataque foi o primeiro em Cabul desde a ação de 23 de julho, reivindicada pelo Estado Islâmico (EI), que deixou 80 mortos e 231 feridos. Os ataques suicidas tiveram como alvo uma manifestação da minoria xiita hazara e foi o mais grave na história da cidade.

O grupo extremista está presente em vários distritos da província de Nangarhar (leste), na fronteira com o Paquistão.



Postar um comentário