Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

O que acontece quando desaparece um submarino como o argentino ARA San Juan

As autoridades argentinas continuam com as buscas para tentar localizar o submarino ARA San Juan, que estava em uma missão de treinamento e desapareceu na última quarta com 44 tripulantes a bordo.
BBC Brasil


A Marinha argentina revelou que, no último contato, o subcomandante afirmou que a embarcação apresentava um curto-circuito no sistema de baterias.


O submarino fazia o trajeto entre o Ushuaia, no sul do país, e a base naval de Mar del Plata, mais ao norte, quando deixou de se comunicar e sumiu dos radares. Segundo a Marinha, a tripulação teria comida e oxigênio para mais dois dias.

O governo argentino conta com a ajuda de vários países para realizar as buscas, incluindo Brasil e Estados Unidos.

Mas quais são principais dificuldades em uma operação para localizar um submarino? A BBC tenta responder a esta e a outras perguntas sobre o tema.

Por que submarinos não podem ser detectados?


Os submarinos são construídos para serem difíceis de se encontrar. O papel deles é participar, com frequênc…

CFN quer modernizar tanques leves e comprar veículos sobre rodas

Forças Terrestres

O Jane’s noticiou que o Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) da Marinha do Brasil está considerando upgrades para seus tanques leves SK-105A2S Kürassier, e a compra de veículos blindados 4×4 e 6×6. 


CFN - 3
SK-105 Kurassier

Projetos de modernização dos tanques e a obtenção de veículos blindados sobre rodas estão atualmente passando por uma fase de estudo e uma análise do conceito e do orçamento de viabilidade, disse um porta-voz da Marinha.

Estes projetos integram o Programa de Consolidação da Brigada Anfíbia no Rio de Janeiro (PROBANF), que visa aumentar o poder de fogo, a capacidade expedicionária, mobilidade e de proteção dos fuzileiros.

Dezessete tanques e um veículo de recuperação 4KH7FA Greif foram recebidas da Steyr-Daimler-Puch Spezialfahrzeug (agora parte da General Dynamics European Land Systems) em 2001, após a aquisição, em 1998.



Postar um comentário