Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Primeiro voo do Aero L-159T2

A Aero Vodochody realizou o primeiro voo do treinador a jato L-159T2 de dois lugares em 1º de agosto. O voo de 30 minutos foi conduzido pelos pilotos de testes da empresa Vladimír Kvarda e David Jahoda.
Poder Aéreo

A Força Aérea Tcheca encomendou três exemplares em 2016, que devem ser entregues até o final deste ano. As aeronaves L-159 são operadas pelas forças aéreas tcheca e iraquiana, pela empresa americana Draken International e, no passado, foram alugadas pela Força Aérea Húngara para treinamento de pilotos.

Estas novas aeronaves de assento duplo T2 têm uma fuselagem central e dianteira recém-construída e apresentam várias melhorias significativas, principalmente em equipamentos de cockpit e sistema de combustível, e são totalmente compatíveis com o NVG. Cada cockpit é equipado com duas telas multifuncionais e um assento de ejeção VS-20 atualizado. A aeronave também pode oferecer uma capacidade de reabastecimento sob pressão. O radar GRIFO, já em uso na versão de um único assento, a…

EUA se recusam a comentar transferência de armas da Turquia para Romênia

O Departamento de Estado e o Pentágono se recusaram a comentar sobre a suposta transferência de munições nucleares da Turquia para a base da Romania de Deveselu.


Sputnik

O porta-voz do Petntágono, Adam Stump, disse que "de acordo com a política dos Estados Unidos, não pode confirmar ou negar a presença ou ausência de armas nucleares em qualquer lugar".


Avião dos EUA na base aérea em Incirlik, na Turquia
C-17 dos EUA na base militar de Incirlik © AP Photo/ Vadim Ghirda

Anteriormente, o jornal on-line belga EurActiv publicou, citando fontes, que os EUA começaram a deslocar munições nucleares da Turquia para a base Deveselu na Romênia, por conta da deterioração das relações entre Washington e Ancara.

Segundo dados não confirmados, na base aérea Incirlik, na Turquia, que fica a cerca de 100 quilômetros da fronteira com a Síria, estão implantadas cerca de 50 unidades de armas nucleares táticas dos EUA desde a Guerra Fria.

Durante o fracassado golpe militar na Turquia, autoridades prenderam o comandante da base por implicação na tentativa do golpe e proibiu voos de aviões norte-americanos da base em direção a Incirlik.

Segundo a fonte do EurActiv, após o golpe de estado as relações entre EUA e Turquia deterioraram de tal maneira que Washington não confia mais na Turquia para o depósito de armas nucleares.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas