Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha da Argentina fala sobre localização do submarino ARA San Juan

Embarcação desaparecida há 1 ano foi localizada neste sábado a 907 metros de profundidade. Ainda não há previsão de início dos trabalhos de resgate. 'Não temos meios para resgatar o submarino', diz ministro.
Por G1

A Marinha da Argentina informou neste sábado (17) que o submarino ARA San Juan, que sumiu há 1 ano com 44 tripulantes, foi encontrado a 907 metros de profundidade em uma área de "visibilidade bastante reduzida", e que a embarcação sofreu uma "implosão" no fundo das águas do Oceano Atlântico.

Segundo Enrique Balbi, porta-voz da Marinha, a proa, a popa e a vela se desprenderam do submarino e estão localizadas em uma área de 80 a 100 metros. “Isso sugere que a implosão tenha ocorrido muito perto do fundo”, disse.

Segundo a Marinha, as imagens mostram que o casco do submarino permaneceu bastante intacto, apenas com algumas deformações, e que todas as outras partes se desprenderam. A implosão teria ocorrido em razão da pressão externa do mar ter superado …

Exército sírio retoma controle total sobre Daraya após quatro anos de cerco

As forças do governo sírio retomaram neste sábado o controle sobre Daraya, nos arredores da capital Damasco, após milhares de rebeldes e civis terem sido evacuados da cidade, que há quatro anos estava sob um cerco do regime. A vitória foi relatada por uma fonte militar da Síria à AFP. 


Sputnik

"O exército sírio controla completamente Daraya e entrou em toda a cidade. Não há um único homem armado lá", disse a fonte a respeito dos insurgentes, falando sob condição de anonimato.

Daraya, um subúrbio de Damasco, durante combates entre o Exército Árabe sírio e terroristas
Daraya, Síria © Sputnik/ Mikhail Alaeddin

De acordo com a televisão estatal síria, “o arquivo Daraya está agora encerrado após a evacuação de todos os civis, homens armados e suas famílias no âmbito do acordo" alcançado na quinta-feira (27) entre o regime e os rebeldes. 


A emissora transmitiu imagens de veículos do exército sírio fazendo uma varredura das ruas da cidade, que foi uma das primeiras a se levantar contra o governo na guerra civil que já dura mais de cinco anos. 

"O segundo e último comboio de rebeldes e civis saíram de Daraya hoje", confirmou o chefe do Observatório Sírio de Direitos Humanos, Rami Abdel Rahman.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas