Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

Iraque executa militantes do EI por causa de assassinatos em 2014

Trinta e seis foram enforcados neste domingo.
Cerca de 1,7 mil soldados xiitas foram vítimas dos jihadistas.


Reuters


O Iraque informou neste domingo (21) que enforcou 36 militantes do Estado Islâmico condenados à morte pelo assassinato de 1,7 mil soldados de maioria xiita em um acampamento ao norte de Bagdá em 2014.


Imagem de vídeo publicado pelo Estado Islâmico no Youtube mostra Ali Hussein Kadhim em um grupo de 60 prisioneiros antes da execução  (Foto: Human Rights Watch/Divulgação)
Imagem de vídeo publicado pelo Estado Islâmico no Youtube mostra grupo de 60 prisioneiros antes da execução (Foto: Human Rights Watch/Divulgação)

As execuções foram realizadas em uma prisão em Nasiriya, uma cidade ao sul do Iraque, informou a televisão estatal citando o Ministério da Justiça.

O grupo radical sunita Estado Islâmico invadiu, em 2014, o acampamento Speicher, antiga base militar dos Estados Unidos ao norte da cidade natal de Saddam Hussein, Tikrit.

O soldado Ali Hussein Kadhim, de 23 anos, que disse ter conseguido escapar do massacre ao se fingir de morto em meio a colegas executados, avaliou na época que cerca de 3 mil soldados estavam no grupo que tentou fugir da base com roupas civis, mas acabaram interceptados pelo EI. Ele não duvida da conta do próprio grupo radical, que afirma ter executado 1,7 mil deles.



Postar um comentário