Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Exército sírio bombardeia terroristas restantes no sul do país (VIDEO)

O exército sírio retomou os ataques de artilharia maciços contra os terroristas restantes na região de Tulul al Safa no deserto de As-Suwayda, no sul do país, depois de eles terem violado a trégua, segundo uma fonte do Exército.
Sputnik

De acordo com uma fonte que falou com a Sputnik Árabe, na terça-feira (16), o Exército sírio e os terroristas que ocupam as colinas de Tulul al Safa firmaram um acordo de cessar-fogo, segundo o qual os combatentes da Frente al-Nusra (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) se comprometeram a entregar as armas depois de serem cercados e sem saída.


Contudo, na manhã da quarta-feira (17) os terroristas atacaram as unidades do Exército sírio. Por sua vez, os soldados repeliram o ataque com êxito e contra-atacaram. Como resultado, dezenas de militantes foram mortos ou feridos. O Exército resolveu retomar os ataques maciços com peças de artilharia apoiadas do ar, tendo como objetivo eliminar as forças terroristas restantes até a épo…

Navios russos eliminam base de terroristas na Síria (vídeo)

Navios da Frota russa do Mar Negro realizaram ataques com o uso de mísseis de cruzeiro Kalibr contra posições do grupo terrorista Frente al-Nusra na Síria, informou o Ministério da Defesa da Rússia.


Sputnik

"Hoje às 10h55 (horário de Moscou), a partir das posições de fogo no mar Mediterrâneo, no âmbito de manobras militares, os navios porta-mísseis ligeiros Zelyony Dol e Serpukhov, da Frota do Mar Negro, realizaram três lançamentos de mísseis de cruzeiro de baseamento marítimo Kalibr contra alvos do grupo terrorista Frente al-Nusra no território da Síria", diz-se no comunicado do ministério.

Navios da Frota do mar Cáspio realizam lançamentos de mísseis Kalibr-NK contra infraestruturas do Daesh a partir do mar Cáspio, novembro de 2015
Navios russos lançando mísseis Kalibr NK © Foto: Ministério da Defesa da Rússia

Como resultado, foram eliminados um posto de comando e uma base de terroristas na região do povoado de Dar-Taaza, bem como uma usina de munições e um armazém.

O Ministério da Defesa da Rússia indica que a trajetória de voo dos mísseis foi planejada com antecedência sobre territórios não povoados para garantir a segurança da população civil.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas