Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

Nigéria diz ter matado comandantes do Boko Haram

Aviões do governo atacaram o grupo islâmico na floresta de Sambisa.
Líder do grupo terrorista estaria entre os mortos, segundo autoridades.


Reuters


A Força Aérea da Nigéria disse ter matado vários combatentes de alto escalão do Boko Haram e possivelmente seu líder geral em um momento em que o secretário de Estado dos EUA, John Kerry, chega ao país para conversas sobre como lidar com os militantes. 


Líder do grupo terrorista Boko Haram, Abubakar Shekau, estaria entre os mortos, segundo autoridades (Foto: Reuters)
Líder do grupo terrorista Boko Haram, Abubakar Shekau, estaria entre os mortos, segundo autoridades (Foto: Reuters)

Aviões do governo atacaram o grupo islâmico na floresta de Sambisa, no nordeste do país, região que é seu bastião, na noite de sexta-feira, informou a Força Aérea nesta terça-feira (23), dizendo que tinha acabado de confirmar os detalhes da operação.

"Acredita-se que seu líder, o chamado 'Abubakar Shekau', foi ferido fatalmente nos ombros", acrescentou o comunicado do porta-voz dos militares, coronel Sani Kukasheka Usman, sem dar detalhes sobre a fonte das informações.

Os militares já informaram a morte de Shekau em outras ocasiões, mas depois um homem afirmando ser o líder apareceu, aparentemente ileso, fazendo declarações em vídeo. Não houve nenhuma reação imediata do grupo, que só se comunica com a mídia através de vídeos.

A Nigéria vem pressionando os EUA para que lhe venda aeronaves que lhe permitam enfrentar o Boko Haram, um grupo que emergiu em Borno, região do nordeste nigeriano, sete anos atrás e que se estima já ter matado 150 mil pessoas em sua luta para criar um Estado islâmico.


Postar um comentário