Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Força Aérea israelense anuncia estreia global do caça F-35 em combate

Israel foi o primeiro país ao qual os Estados Unidos autorizaram a venda do caça invisível
Juan Carlos Sanz | El País
Jerusalém - A Força Aérea de Israel revelou nesta terça-feira que foi a primeira a utilizar em combate o F-35, o ultramoderno caça furtivo indetectável para os radares inimigos. O chefe da aeronáutica israelense, general Amikam Nirkin, fez o comunicado aos comandantes das forças aéreas de vários países reunidos ao norte de Tel Aviv.

O general Nirkin mostrou a seus colegas – procedentes dos EUA, Itália, França, Índia e Brasil, entre outros países – a imagem de vários F-35 sobre Beirute, enquanto confirmava que esses aviões tinham participado de ataques em duas frentes.

“O esquadrão do F-35 está em operação e já sobrevoa todo o Oriente Médio”, afirmou o chefe da força aérea.

Nirkin reiterou que, há duas semanas, a Guarda Revolucionária iraniana disparou 32 foguetes contra as Colinas de Golã, planalto sírio ocupado por Israel desde 1967 e que, em resposta à agressão, a aviação…

Novos mísseis de cruzeiro da China contam com 'alto nível de inteligência artificial'

A próxima geração de mísseis de cruzeiro chineses estará equipada com sistemas automatizados e inteligência artificial de alto nível.


Sputnik

Eis o que revelou na sexta-feira (19) o diretor de um dos departamentos da Corporação da Ciência e Tecnologia Aeroespacial da China, Wang Changqing. 


Lançamento de um míssil de cruzeiro
© Sputnik/ Igor Zarembo

Foi informado que esse departamento produziu uma grande 'família' de mísseis de cruzeiro para as Forças Armadas chinesas.

Segundo informou Wang em entrevista ao jornal China Daily, futuros mísseis de cruzeiro chineses terão nível muito alto de inteligência artificial e automatização, permitindo aos comandantes controlá-los em tempo real.

De acordo com ele, também será possível dar mais tarefas a mísseis enquanto eles estão em voo.

Wang destacou que a China é um dos líderes mundiais na área de inteligência artificial.

Em março deste ano, o país anunciou aumento para 7,6 o seu orçamento de defesa, equivalente a 146 bilhões de dólares.



Postar um comentário