Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Adeus a tecnologias 'stealth': novo radar russo pode detectar aviões furtivos

Tecnologias russas capazes de detectar aviões furtivos do inimigo podem vir a fazer parte do sistema da defesa antiaérea unida da OTSC – Organização do Tratado de Segurança Coletiva, declarou o chefe do Estado-Maior Conjunto da aliança, Anatoly Sidorov.
Sputnik

Inovações russas capazes de desativar tecnologias furtivas do inimigo podem vir a ser usadas na criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, declarou militar, citado pelo jornal Rossiyskaya Gazeta. Sidorov comentou que essas inovações seriam eficazes tanto contra aviação do inimigo como contra ataques com mísseis.



O sistema Rezonans-NE funciona graças ao princípio de reflexão ressonante de ondas de rádio da superfície de aparelhos aéreos, facilitando vigilância de aeronaves e mísseis do inimigo, explicou Aleksandr Scherbinko, vice-diretor executivo da empresa de design Rezonans.

"Este modelo pode ser de grande interesse, levando em consideração criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, cuja inauguração est…

Pyongyang acusa EUA de preparar guerra bioquímica

Coreia do Norte acusa Washington de preparar a guerra bioquímica na península da Coreia no âmbito do programa JUPITR destinado à luta contra as ameaças bioquímicas, declarou uma fonte militar do exército da Coreia do Norte.


Sputnik

"O plano JUPITR das forças militares do imperialismo norte-americano prevê a realização de operações bioquímicas durante a guerra de conquista contra a Coreia (do Norte)", acrescentou o porta-voz do exército citado pela agência sul-coreana Yonhap. 


Cidade de Pyongyang
Cidade de Pyongyang © Sputnik/ Iliya Pitalev

O programa prevê a criação na Coreia do Sul de um laboratório bioquímico militar para análise de substâncias tóxicas, o que, segundo o porta-voz norte-coreano, é "totalmente inaceitável".

"As ações dos imperialistas norte-americanos reforçam ainda mais o desejo de vingança do nosso exército e das pessoas… O nosso exército está pronto para fazer face a todos os tipos de meios de guerra dos imperialistas norte-americanos", advertiu ele.

Segundo as declarações do exército norte-americano, o programa JUPITR inclui novos equipamentos que podem acelerar e facilitar a biomonitorização realizada por forças norte-americanas na Coreia do Sul.

Em 2015, os EUA reconheceram ter enviado por erro amostras de antraz para laboratórios privados na Coreia do Sul, em alguns estados norte-americanos e na Austrália. O secretário de Defesa dos EUA Ashton Carter apresentou suas desculpas ao ministro da Defesa da Coreia do Sul Han Min-koo.



Postar um comentário