Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

Rússia e Síria concluem acordo sobre uso permanente da base de Hmeymim

O acordo sobre a permanência do grupo aéreo russo na base síria de Hmeymim acaba de ser submetido ao parlamento russo.


Sputnik


O presidente russo Vladimir Putin entregou para ratificação na Duma de Estado (câmara baixa do parlamento russo) o acordo sobre o grupo aéreo das Forças Armadas da Rússia na Síria, diz-se no site da Duma de Estado. 


Avião Su-34 levanta voo na base aérea de Hmeymim, Síria, maio de 2016
Sukhoi Su-34 © Sputnik/ Maksim Blinov

O governo russo havia aprovado antes o acordo e apresentado o documento ao presidente russo Vladimir Putin.

O representante do presidente russo, responsável pela assinatura do acordo, é o vice-ministro da Defesa da Rússia, Nikolai Pankov.

O presidente do Comitê da Defesa da Duma de Estado, Vladimir Komoedov, afirmou que o comitê apoiará o acordo.

"O Comitê de Defesa apoiará o acordo e vai manifestar-se pela sua ratificação. A situação de instabilidade permanecerá na Síria ainda por mais tempo. Por isso, é necessário manter as forças em estado de prontidão. Sempre tivemos Tartus como um ponto de abastecimento da nossa Marinha no mar Mediterrâneo. Agora, além de Tartus teremos Hmeymim", disse o deputado.

Segundo Komoedov, os componentes marítimo e aéreo são uma combinação perfeita para a defesa da Síria.

"Estamos prestes a prestar ajuda aos sírios na restauração do seu país no quadro do seu território", concluiu.

A Rússia e a Síria tinham tornado pública a intenção de concluir um acordo sobre a permanência do grupo aéreo russo na Síria por tempo indeterminado. Conforme o acordo, o aeródromo de Hmeymim, com toda a sua infraestrutura e território nos seus arredores, são cedidos à Rússia de forma gratuita.


Postar um comentário