Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil simula resgate de civis em área de conflito ou desastre natural (VÍDEO)

A Marinha do Brasil realizou entre os dias 6 e 14 de novembro a Operação Atlântico, na praia de Itaoca, no Espírito Santo. A simulação deste ano treinou os oficiais para casos em que houvesse resgate de civis em uma área de conflito armado ou que foram alvos de desastres naturais.
Sputnik

Era por volta de 5h40 do dia 10 de novembro, um sábado, ainda estava amanhecendo, quando o Almirante Paulo Martinho Zucaro, Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, olhou e disse para a reportagem da Sputnik Brasil: "É guerra".


A declaração foi dada para explicar os motivos de se realizar um treinamento deste porte mesmo em condições extremamente desfavoráveis. A chuva era forte, as ondas na beira da praia atingiam 1,5 metros e os ventos chegaram a 20 km/h. O nível de dificuldade preocupava o alto comando, mas não foi um problema para os fuzileiros e marinheiros.

Antes do amanhecer, sete Carros Lagarta Anfíbios (CLAnf) chegaram à praia e deram início ao desembarque. Após eles chegarem foi…

Turquia cruza fronteira e faz operação militar contra Estado Islâmico na Síria

Ofensiva na cidade síria de Jarablos é chamada 'Escudo do Eufrates'.
Exército turco é apoiado por forças da coalizão internacional antijihadista.


Do G1, em São Paulo

Uma dezena de tanques turcos entraram em território sírio e começaram a atirar contra posições do grupo Estado Islâmico (EI) na localidade síria de Jarablos nesta quarta-feira (24). Damasco condenou a intervenção militar da Turquia e a considerou uma violação da soberania do país, segundo a agência France Presse.


Foto mostra cidade turca Karkamis mostra tanques de guerra e caminhões de combate posicionados a 2 km da fronteira com Jarabulus, na Síria, nesta quarta-feira (24) (Foto: Bulent Kilic/AFP)
Foto mostra cidade turca Karkamis mostra tanques de guerra e caminhões de combate posicionados a 2 km da fronteira com Jarabulus, na Síria, nesta quarta-feira (24) (Foto: Bulent Kilic/AFP)

O exército turco, apoiado por forças da coalizão internacional antijihadista, iniciou uma operação chamada "Escudo do Eufrates", com aviões de combate e forças especiais para expulsar o EI de Jarablos.

O objetivo da ofensiva é tornar a fronteira entre os dois países mais segura. A cidade Jarablos fica às margens do Rio Eufrates, a menos de 1 km da fronteira com a Turquia, segundo a CNN.

Segundo a CNN, há três dias a Turquia tem promovido ações contra alvos sírios em resposta a um ataque de morteiro que atingiu áreas residenciais em Karkamis, uma cidade no lado turco da fronteira.

O ministro do Interior turco, Efkan Ala, afirmou que as tropas atuam em conjunto com as equipes da coalização. “A Turquia não permitirá que organizações terroristas fiquem perto para ameaçar a Turquia”, afirmou, segundo a CNN.

A mídia turca informou que as tropas criarão uma zona segura para refugiados entre as cidades de Marea e Jarablus.

"Damasco condena o cruzamento da fronteira turco-síria por tanques e blindados turcos em direção à cidade de Jarablos, com cobertura aérea da coalizão liderada por Washington, e considera que se trata de uma violação flagrante de sua soberania", diz o comunicado oficial.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas