Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

Comandante da Frente al-Nusra: recebemos armas diretamente dos EUA

O grupo islamista Frente al-Nusra é considerado nos EUA uma organização terrorista – pelo menos oficialmente. 


Sputnik

Um dos mais importantes comandantes do grupo assegura que “os norte-americanos estão do nosso lado”. Durante entrevista, ele comunicou sobre o fornecimento direto dos EUA de armas, chegando a nomeá-las. 


Militantes da Frente al-Nusra na entrada da cidade de Idlib
Militantes da Frente al-Nusra em Idlib © REUTERS/ Mohamad Bayoush

Segundo um dos comandantes da Frente al-Nusra, a organização terrorista recebe armas dos Estados Unidos. Eles forneceram os sistemas antitanque TOW, disse o comandante ao correspondente do jornal Kolner Stadt-Anzeiger, Jurgen Todenhofer.

Na região de Aleppo, o grupo Frente al-Nusra é o mais poderoso. Anteriormente estes islamistas mantinham aliança com o grupo Al-Qaeda. Quando perguntado se as armas do grupo eram fornecidas pela assim chamada "oposição moderada", o militante da al-Nusra disse que as armas são fornecidas "diretamente pelos EUA". "Os americanos estão do nosso lado", acrescentou. Contudo, a cooperação não é realizada de acordo com os planos dos militantes.

O comandante da Frente al-Nusra falou sobre o bombardeio do comboio humanitário da ONU. 


A entrevista aconteceu há 10 dias. O comandante disse que o comboio da ONU seria atacado se as tropas governamentais sírias não se retirassem. "O regime deve abandonar todos os territórios e assim deixaremos passar o comboio humanitário. Se um caminhão tentar passar mesmo assim, vamos deter o motorista", informa. 

Segundo o militante, a Frente al-Nusra não está pronta para fazer concessões. "Nós vamos lutar até o regime ser derrotado", conclui.

Postar um comentário