Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Kim Jong-un: Após 'declaração de guerra feroz', Trump e os EUA pagarão caro

Em um raro pronunciamento, o líder norte-coreano Kim Jong-un disse nesta sexta-feira (horário local) que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e seu povo "pagarão caro"pelas “palavras excêntricas” que pregaram a destruição da Coreia do Norte.
Sputnik

Em seu discurso na Assembleia Geral da ONU, Trump afirmou que os EUA estão prontos para a "destruição total" da Coreia do Norte, caso isso se faça necessário.


Além disso, o presidente estadunidense chamou Kim de "Homem Foguete", pelo que considera uma "tática suicida" de provocações contra Washington e o resto dos seus aliados na Ásia.

"Agora estou pensando muito sobre a resposta que ele poderia ter esperado quando ele se permitiu que palavras tão excêntricas tropeçassem da sua língua", disse Kim, em declarações reproduzidas pela Agência Central de Notícias da Coreia (KCNA).

"Qualquer coisa que Trump possa ter esperado, ele enfrentará resultados além de suas expectativas. Eu vou, …

Comandante da Frente al-Nusra: recebemos armas diretamente dos EUA

O grupo islamista Frente al-Nusra é considerado nos EUA uma organização terrorista – pelo menos oficialmente. 


Sputnik

Um dos mais importantes comandantes do grupo assegura que “os norte-americanos estão do nosso lado”. Durante entrevista, ele comunicou sobre o fornecimento direto dos EUA de armas, chegando a nomeá-las. 


Militantes da Frente al-Nusra na entrada da cidade de Idlib
Militantes da Frente al-Nusra em Idlib © REUTERS/ Mohamad Bayoush

Segundo um dos comandantes da Frente al-Nusra, a organização terrorista recebe armas dos Estados Unidos. Eles forneceram os sistemas antitanque TOW, disse o comandante ao correspondente do jornal Kolner Stadt-Anzeiger, Jurgen Todenhofer.

Na região de Aleppo, o grupo Frente al-Nusra é o mais poderoso. Anteriormente estes islamistas mantinham aliança com o grupo Al-Qaeda. Quando perguntado se as armas do grupo eram fornecidas pela assim chamada "oposição moderada", o militante da al-Nusra disse que as armas são fornecidas "diretamente pelos EUA". "Os americanos estão do nosso lado", acrescentou. Contudo, a cooperação não é realizada de acordo com os planos dos militantes.

O comandante da Frente al-Nusra falou sobre o bombardeio do comboio humanitário da ONU. 


A entrevista aconteceu há 10 dias. O comandante disse que o comboio da ONU seria atacado se as tropas governamentais sírias não se retirassem. "O regime deve abandonar todos os territórios e assim deixaremos passar o comboio humanitário. Se um caminhão tentar passar mesmo assim, vamos deter o motorista", informa. 

Segundo o militante, a Frente al-Nusra não está pronta para fazer concessões. "Nós vamos lutar até o regime ser derrotado", conclui.

Postar um comentário