Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Ministério das Relações Exteriores russo acusa EUA de ajudar terroristas na Síria

Ao reforçar seu interesse em liquidar o Daesh [organização terrorista proibida na Rússia] da face da Terra, Moscou se mostrou preocupada com o fato de os EUA demonstrarem o contrário através de suas ações, ressalta Sergei Ryabkov, vice-ministro do ministério.
Sputnik

"Apesar de tudo, alguns objetivos políticos e geopolíticos são mais importantes para Washington, o que está declarado no plano de lealdade à luta antiterrorista", disse Ryabkov a jornalistas. Segundo ele, a Rússia espera que Washington prove na prática a sua lealdade à luta contra o terrorismo na Síria.


Além disso, o diplomata chamou a morte do tenente-general Valery Asapov de preço pago pela Rússia pela hipocrisia dos EUA na questão da resolução da crise síria. Asapov, que chefiava o grupo dos conselheiros militares russos, morreu na região de Deir ez-Zor durante bombardeio do Daesh.

Na véspera, o Ministério da Defesa da Rússia publicou fotos aéreas dos bairros a norte de Deir ez-Zor controlados pelos terroristas d…

Defesa russa começa a transmitir on-line situação em Aleppo

Objetivo é garantir cessar-fogo em território tomado do Jabhat al-Nusra.


Ígor Rôzin | Gazeta Russa

Nesta quinta-feira (15), o Ministério da Defesa da Rússia começou a transmitir on-line suas operações a partir de território tomado do grupo Jabhat al Nusra, em Aleppo, na Síria. 


Aleppo Syria
Civis checam estragos após bombardeios aéreos do governo sírio em Aleppo. Foto:Reuters

"[A transmissão é feita] com o objetivo de prover transparência na execução, por parte do regime, das ações bélicas", lê-se no site do Ministério da Defesa da Federação da Rússia.

As imagens transmitidas são registradas por meio de duas câmeras de vigilância nos bairros de El-Khalidia e Tel-Djobakja, além de um drone que acompanha a situação na porção oeste de Aleppo.

No momento em que esta reportagem estava sendo fechada, a transmissão mostrava militares russos equipados com armamento bélico. O som, porém, não era transmitido.

O general-major da Defesa russa, Ígor Konashenkov, disse à Gazeta Russa que a pasta vai aumentar a quantidade de câmeras transmitindo a situação síria no futuro.

Na semana passada, o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguêi Lavrov, e seu homólogo norte-americano, John Kerry, chegaram a um acordo sobre o plano multifásico para resolução da crise no país árabe. 


Postar um comentário