Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Kim Jong-un: Após 'declaração de guerra feroz', Trump e os EUA pagarão caro

Em um raro pronunciamento, o líder norte-coreano Kim Jong-un disse nesta sexta-feira (horário local) que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e seu povo "pagarão caro"pelas “palavras excêntricas” que pregaram a destruição da Coreia do Norte.
Sputnik

Em seu discurso na Assembleia Geral da ONU, Trump afirmou que os EUA estão prontos para a "destruição total" da Coreia do Norte, caso isso se faça necessário.


Além disso, o presidente estadunidense chamou Kim de "Homem Foguete", pelo que considera uma "tática suicida" de provocações contra Washington e o resto dos seus aliados na Ásia.

"Agora estou pensando muito sobre a resposta que ele poderia ter esperado quando ele se permitiu que palavras tão excêntricas tropeçassem da sua língua", disse Kim, em declarações reproduzidas pela Agência Central de Notícias da Coreia (KCNA).

"Qualquer coisa que Trump possa ter esperado, ele enfrentará resultados além de suas expectativas. Eu vou, …

Erdogan diz esperar que cessar-fogo na Síria seja permanente

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, expressou esperança nesta terça-feira (13) de que o cessar-fogo na Síria seja permanente, observando que, até agora, o acordo alcançado pela Rússia e pelos EUA nas conversações de Genebra está em grande parte sendo respeitado.


Sputnik

"Espero que o cessar-fogo seja permanente", disse Erdogan, citado pelo jornal Hurriyet Daily.


Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, ao lado do presidente russo Vladimir Putin, durante a sessão de fotos dos líderes da Cúpula do G20 na China
Recep Tayyp Erdogan e Vladimir Putin © Sputnik/ Sergey Guneev


O líder turco acrescentou que havia “problemas” em dois ou três vilarejos, e sugeriu que, se tudo correr bem e todas as partes se comprometerem com o acordo de cessar-fogo durante as primeiras 48 horas de vigência, há uma grande chance de que a trégua dure.

O cessar-fogo nacional na Síria foi intermediado pelos chefes diplomáticos da Rússia e dos EUA e entrou em vigor na segunda-feira (12). A trégua não inclui organizações terroristas como o Daesh (autodenominado Estado Islâmico) e a Jabhat Fatah al-Sham, anteriormente conhecida como Frente al-Nusra, ambas proibidas na Rússia.



Postar um comentário