Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

Erdogan diz esperar que cessar-fogo na Síria seja permanente

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, expressou esperança nesta terça-feira (13) de que o cessar-fogo na Síria seja permanente, observando que, até agora, o acordo alcançado pela Rússia e pelos EUA nas conversações de Genebra está em grande parte sendo respeitado.


Sputnik

"Espero que o cessar-fogo seja permanente", disse Erdogan, citado pelo jornal Hurriyet Daily.


Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, ao lado do presidente russo Vladimir Putin, durante a sessão de fotos dos líderes da Cúpula do G20 na China
Recep Tayyp Erdogan e Vladimir Putin © Sputnik/ Sergey Guneev


O líder turco acrescentou que havia “problemas” em dois ou três vilarejos, e sugeriu que, se tudo correr bem e todas as partes se comprometerem com o acordo de cessar-fogo durante as primeiras 48 horas de vigência, há uma grande chance de que a trégua dure.

O cessar-fogo nacional na Síria foi intermediado pelos chefes diplomáticos da Rússia e dos EUA e entrou em vigor na segunda-feira (12). A trégua não inclui organizações terroristas como o Daesh (autodenominado Estado Islâmico) e a Jabhat Fatah al-Sham, anteriormente conhecida como Frente al-Nusra, ambas proibidas na Rússia.



Postar um comentário