Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Vários mortos no confronto entres as forças de Maduro e rebeldes armados

Desfecho sangrento aconteceu durante a operação de captura de Óscar Pérez, que está entre os mortos.O piloto sobrevoou prédios do governo com um helicóptero roubado da polícia em junho do ano passado
Maolis Castro e Florantonia Singer | El País

Vários integrantes do grupo liderado pelo ex-policial Óscar Pérez morreram em um confronto com um coletivo – civis armados chavistas – e um comando da Força de Ações Especiais da Polícia Nacional, em que também morreram dois agentes e um militante chavista. Outros cinco membros do grupo foram presos em uma casa na região de El Junquito, no oeste de Caracas. 

O Governo venezuelano confirmou no início desta tarde que o próprio Pérez está entre os mortos. Seu nome se tornou conhecido em junho, quando roubou um helicóptero da polícia e sobrevoou a sede do Supremo Tribunal de Justiça e do Ministério do Interior. Nunca, em 18 anos de chavismo, ocorreu algo parecido na Venezuela.


O ex-inspetor do Corpo de Investigações Científicas, Penais e Criminalística…

Exército sírio assume controle de bairro rebelde de Aleppo

Farafira é uma área rebelde conquistada por rebeldes em 2012.

Bairros da cidade no norte da Síria são alvos de intensos bombardeios.


France Presse

O exército sírio assumiu nesta terça-feira (27) o controle do bairro Farafira, área rebelde próxima do centro de Aleppo, no norte do país, segundo relato de fonte militar feito à agência AFP. Especialistas trabalhavam para retirar as minas terrestres do bairro.


Os quase 250 mil habitantes dos bairros rebeldes de Aleppo não recebem ajuda externa há dois meses (Foto: Reuters)
Os quase 250 mil habitantes dos bairros rebeldes de Aleppo não recebem ajuda externa há dois meses (Foto: Reuters)

A fonte afirmou ainda que “vários terroristas” foram neutralizados durante a ação militar.


O regime utiliza o termo "terrorista" para designar todos os que pegaram em armas contra Damasco, sejam rebeldes ou extremistas.

O bairro de Farafira foi conquistado em 2012 pelos rebeldes, que na época haviam dominado metade da ex-capital econômica do país.

"Esta operação é parte das operações militares que foram anunciadas [na quinta-feira), que incluem um componente aéreo e outro terrestre com a utilização de artilharia", completou a fonte.

Desde o fim da trégua os bairros rebeldes de Aleppo são alvos de um intenso bombardeio da aviação do regime e da Rússia.

No início do mês, um cessar-fogo, organizado pelos Estados Unidos e pela Rússia, contribuiu para reduzir o número de mortes diárias no país. A iniciativa fracassou e desde sábado (17) o país vive uma intensificação da violência em várias regiões.

A Organização das Nações Unidas (ONU) afirmou no domingo (25) que pelo menos 139 pessoas morreram nos últimos dias devido aos ataques na parte leste de Aleppo.




Postar um comentário