Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

VÍDEO mostra fragata norueguesa afundando, tendo colidido após manobras da OTAN

A mídia divulgou novos vídeo e fotos da fragata norueguesa KMN Helge Ingstad, que colidiu com o navio petroleiro Sola TS junto à costa norueguesa em circunstâncias desconhecidas ao regressar das manobras da OTAN.
Sputnik

A fragata ficou com um grande rombo a estibordo atravessando a linha de água, sete marinheiros ficaram feridos. A tripulação abandonou o navio acidentado, que depois foi rebocado para águas menos profundas para evitar seu afundamento total.


Uns dias após o acidente (8), a fragata continua parcialmente acima da superfície da água, mas está completamente assente no fundo. Mais de 10 toneladas de combustível para helicópteros vazou para o mar.

Até o momento, não há nenhumas informações sobre o estado do armamento a bordo, incluindo mísseis de cruzeiro e antiaéreos, torpedos e artilharia.

O petroleiro Sola TS, por sua parte, não sofreu nenhum dano durante a colisão.

As razões do incidente estão sendo investigadas. Entre as possíveis causas estão a navegação da fragata em reg…

3º GAC Ap: exercício com novo material da Artilharia Brasileira

Forças Terrestres

Santa Maria (RS) – O 3º Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado (3º GAC Ap) apoiou a Escola de Aperfeiçoamento de Sargentos das Armas (EASA) no exercício de condução de tiro de artilharia, realizado por alunos de todas as armas, no dia 5 de outubro. A atividade contou com a assistência de alunos do Grêmio de Artilharia do Colégio Militar de Santa Maria. 


artilharia-1
 

Nessa oportunidade, foi apresentado e empregado o equipamento recém-adquirido, o Atlas Gun Lying System, batizado pelos alunos do Curso de Artilharia da EASA como SP2 (Sistema de Posicionamento e Pontaria). O equipamento, dentre outras capacidades, permite autolocalização, por meio de GPS ou intersecção; localização precisa do norte, usando corpo celeste, bússola eletrônica incorporada, alvo ou ponto já conhecido; busca de alvos precisa, por intermédio de aferição de distância, azimute e elevação; armazenamento e gestão de alvos para direção de tiro e inteligência; realização de trabalhos topográficos; e a pontaria da linha de fogo. O sistema é composto por tripé, goniômetro, telêmetro laser, módulo de localização do norte astronômico e módulo de identificação estelar.

O SP2 foi utilizado pela primeira vez pelo 3º GAC Ap para a condução do tiro de artilharia, possibilitando maior precisão e velocidade nos trabalhos, inserindo a tradicional organização militar no contexto da guerra moderna, em condições de fazer frente a operações de amplo espectro, que exigem cada vez mais das capacidades operativas da Artilharia de Campanha.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas