Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

Afeganistão quer contratar mais 4 A-29 Super Tucano

Indústria de Defesa & Segurança com Jane’s

A Força Aérea Afegã (AAF) quer contratar mais quatro A-29 Super Tucano, aeronaves de ataque da Embraer, para adicionar às 20 já contratadas da Força Aérea dos EUA (USAF). A notícia foi divulgada na última sexta-feira, 7 de outubro. As aeronaves adicionais serão entregues a AAF dentro de 18 a 20 meses da assinatura do contrato. A AAF está atualmente no processo de recepção de 20 A-29 já sob contrato. 


A AAF está atualmente no processo de recepção de 20 A-29 já sob contrato. (Foto: Divulgação)
A AAF está atualmente no processo de recepção de 20 A-29 já sob contrato. (Foto: Divulgação)

Alimentado por um único motor turboélice, o Super Tucano possui duas metralhadoras de 12,7 mm nas asas, e pode ser configurado com armamento adicional tais como canhão de 20 milímetros, metralhadoras 12.7 mm adicionais, foguetes, munições guiadas com precisão, e / ou bombas de até 1.500 kg. Ele tem uma resistência de sete horas, e pode operar a partir de campos de ar semipreparados.

Os A-29 afegãos são empregados em voos de treinamento, vigilância, interdição aérea e apoio aéreo aproximado. Eles apoiam as operações de contra-insurgência a partir do aeroporto militar perto do Aeroporto Internacional Hamid Karzai em Cabul. A aeronave tem sido tão bem sucedida, que a Força Aérea dos EUA não descartou a possibilidade de tê-la como uma opção para sua aeronave de ataque leve e de reconhecimento armado OA-X.


Postar um comentário