Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha da Argentina fala sobre localização do submarino ARA San Juan

Embarcação desaparecida há 1 ano foi localizada neste sábado a 907 metros de profundidade. Ainda não há previsão de início dos trabalhos de resgate. 'Não temos meios para resgatar o submarino', diz ministro.
Por G1

A Marinha da Argentina informou neste sábado (17) que o submarino ARA San Juan, que sumiu há 1 ano com 44 tripulantes, foi encontrado a 907 metros de profundidade em uma área de "visibilidade bastante reduzida", e que a embarcação sofreu uma "implosão" no fundo das águas do Oceano Atlântico.

Segundo Enrique Balbi, porta-voz da Marinha, a proa, a popa e a vela se desprenderam do submarino e estão localizadas em uma área de 80 a 100 metros. “Isso sugere que a implosão tenha ocorrido muito perto do fundo”, disse.

Segundo a Marinha, as imagens mostram que o casco do submarino permaneceu bastante intacto, apenas com algumas deformações, e que todas as outras partes se desprenderam. A implosão teria ocorrido em razão da pressão externa do mar ter superado …

Afeganistão quer contratar mais 4 A-29 Super Tucano

Indústria de Defesa & Segurança com Jane’s

A Força Aérea Afegã (AAF) quer contratar mais quatro A-29 Super Tucano, aeronaves de ataque da Embraer, para adicionar às 20 já contratadas da Força Aérea dos EUA (USAF). A notícia foi divulgada na última sexta-feira, 7 de outubro. As aeronaves adicionais serão entregues a AAF dentro de 18 a 20 meses da assinatura do contrato. A AAF está atualmente no processo de recepção de 20 A-29 já sob contrato. 


A AAF está atualmente no processo de recepção de 20 A-29 já sob contrato. (Foto: Divulgação)
A AAF está atualmente no processo de recepção de 20 A-29 já sob contrato. (Foto: Divulgação)

Alimentado por um único motor turboélice, o Super Tucano possui duas metralhadoras de 12,7 mm nas asas, e pode ser configurado com armamento adicional tais como canhão de 20 milímetros, metralhadoras 12.7 mm adicionais, foguetes, munições guiadas com precisão, e / ou bombas de até 1.500 kg. Ele tem uma resistência de sete horas, e pode operar a partir de campos de ar semipreparados.

Os A-29 afegãos são empregados em voos de treinamento, vigilância, interdição aérea e apoio aéreo aproximado. Eles apoiam as operações de contra-insurgência a partir do aeroporto militar perto do Aeroporto Internacional Hamid Karzai em Cabul. A aeronave tem sido tão bem sucedida, que a Força Aérea dos EUA não descartou a possibilidade de tê-la como uma opção para sua aeronave de ataque leve e de reconhecimento armado OA-X.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas