Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Por que negociações entre Washington e Pyongyang estão condenadas ao fracasso?

Em vez de proferir mais ameaças, a administração Trump deve mostrar que é um parceiro de negociação confiável, escreve o The National Interest, acrescentando que é importante enviar sinais claros agora.
Sputnik

O presidente norte-americano Donald Trump continua tratando a sua administração como uma brigada de salvamento para a diplomacia internacional, mas os norte-coreanos não são estúpidos e não confiam em promessas, afirma o autor do The National Interest Doug Bandow no seu recente artigo.


"O desmantelamento nuclear da Líbia, em muito forçado pelos EUA no passado, se revelou um modo de agressão por meio da qual os norte-americanos convenceram os líbios com tais palavras doces como 'garantia de segurança' e 'melhoramento das relações' para desarmar o país e depois destruí-lo pela força", conforme notou o Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte, acrescentando que os norte-coreanos percebem as intenções dos EUA.

O autor, lembrando o caso da Líbia, …

Aviação turca tenta violar espaço aéreo da Síria

A tentativa de intrusão no espaço aéreo sírio foi reportada por uma fonte das forças de segurança da Síria. 


Sputnik

Os aviões turcos tentaram entrar no espaço aéreo da Síria no norte da província de Aleppo, mas após avisos dos militares sírios e russos regressaram, disse a fonte à agência Sputnik.


Avião F4E Phantom II da Força Aérea turca (arquivo)
F-4 Phantom da Turquia © flickr.com/ Defence Images

Anteriormente (20), o exército sírio declarou que está preparado para derrubar aviões militares da Turquia em qualquer caso em que estes violem novamente o espaço aéreo sírio.

A Turquia começou em 24 de agosto a operação Escudo do Eufrates para expulsar os jihadistas do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia e em muitos outros países) das localidades fronteiriças do norte da Síria. As autoridades sírias, no entanto, acusaram a Turquia de violar a sua soberania. Já os curdos sírios acreditam que a operação é direcionada contra eles e não contra os terroristas.


Postar um comentário