Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Força Aérea israelense anuncia estreia global do caça F-35 em combate

Israel foi o primeiro país ao qual os Estados Unidos autorizaram a venda do caça invisível
Juan Carlos Sanz | El País
Jerusalém - A Força Aérea de Israel revelou nesta terça-feira que foi a primeira a utilizar em combate o F-35, o ultramoderno caça furtivo indetectável para os radares inimigos. O chefe da aeronáutica israelense, general Amikam Nirkin, fez o comunicado aos comandantes das forças aéreas de vários países reunidos ao norte de Tel Aviv.

O general Nirkin mostrou a seus colegas – procedentes dos EUA, Itália, França, Índia e Brasil, entre outros países – a imagem de vários F-35 sobre Beirute, enquanto confirmava que esses aviões tinham participado de ataques em duas frentes.

“O esquadrão do F-35 está em operação e já sobrevoa todo o Oriente Médio”, afirmou o chefe da força aérea.

Nirkin reiterou que, há duas semanas, a Guarda Revolucionária iraniana disparou 32 foguetes contra as Colinas de Golã, planalto sírio ocupado por Israel desde 1967 e que, em resposta à agressão, a aviação…

Aviões da coalizão americana lançam ataques contra população de Mossul

Aeronaves da coalizão militar liderada pelos Estados Unidos realizaram nove bombardeios contra zonas residenciais da cidade de Mossul, no norte do Iraque, segundo afirmou a Defesa russa.


Sputnik


"A coalizão internacional encabeçada pelos EUA atacou nove vezes os bairros residenciais da cidade iraquiana de Mossul", declarou o major-general Igor Konashenkov, porta-voz do Ministério da Defesa da Rússia. 


Bombardeio a Mossul, Iraque © AFP 2016/ SAFIN HAMED

Considerada a capital do grupo Daesh no Iraque, Mossul se tornou palco de conflitos ainda mais intensos nas últimas semanas, após o anúncio de uma ofensiva do exército iraquiano para retomar o controle da cidade, dominada por terroristas desde 2014. As tropas de Bagdá contam com o apoio de forças peshmerga, milícias sunitas, paramilitares xiitas e da coalizão internacional.


Postar um comentário