Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Analista: entrega de dados de Israel sobre abate de Il-20 significa muito para Rússia

O comandante da Força Aérea Israelense, Amikam Norkin, forneceu ao Ministério da Defesa da Rússia dados sobre o incidente com o avião russo Il-20 na Síria. Israel demonstra que não pretende perder a cooperação estabelecida com a Rússia, disse o analista político Stanislav Tarasov durante uma entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik.
Sputnik

Além destas informações sobre o abate da aeronave, Israel também avisou sobre "as tentativas do Irã de fortalecer sua posição na Síria e entregar armas estratégicas ao Hezbollah". Os militares observaram que é necessário continuar coordenando as ações na Síria, ressaltando a importância de respeitar os interesses dos dois países.

O avião russo Il-20 foi abatido sobre o mar Mediterrâneo no dia 17 de setembro, a 35 quilômetros da costa síria, por um míssil do sistema antiaéreo S-200 da Síria, resultando na morte de 15 militares.

Ao mesmo tempo, quatro caças F-16 atacaram instalações sírias em Latakia. De acordo com o Ministério da Defesa da…

Batalhão dos EUA na Polônia será instalado perto da fronteira com a Rússia

O batalhão de soldados americanos que chegará à Polônia em breve, permanecerá em uma base militar perto da cidade de Orzysz, que está a menos de 60 km da fronteira com a Rússia.


Sputnik


A cidade, localizada exatamente a 58 km da fronteira com a região de Kaliningrado, alojará as tropas americanas, afirmou em programa de rádio o chefe de filial do Estado-maior polonês em Olsztyn, Andrzej Szczolek. 


Soldados americanos perto de um sistema antimísseis Patriot em Sochaczew, perto de Varsóvia, Polônia
Tropas norte-americanas com um sistema Patriot na Polônia © REUTERS/ Franciszek Mazur/Agencja Gazeta
"Não precisamente na cidade de Orzysz, mas na base militar de Orzysz", especificou, comentando os dados da mídia recentemente divulgados.

O alto militar destacou também que, em 2018, no território polonês de Voivodia da Vármia-Masúria, que faz fronteira com a Rússia, está prevista a instalação das primeiras brigadas da defesa territorial, que atualmente o Ministério da Defesa do país classifica como prioridade.

"Os batalhões deverão ser equipados com carabinas Beryl, morteiros portáteis, lança-granadas antitanques, motocicletas, quadriciclos", contou.

Vale lembrar que no âmbito da cúpula da OTAN, em Varsóvia, o secretário-geral, Jens Stoltenberg, anunciou que a Aliança Militar pretende fortalecer o flanco oriental na Polônia e nos países bálticos com quatro batalhões adicionais em 2017. Em resposta, a Rússia anunciou a criação de três novas divisões, com 10 mil soldados cada, que serão deslocadas ao longo da fronteira oeste da Rússia.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas