Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

Caças britânicos vigiam navios de guerra russos no canal da Mancha

Aviões de combate britânicos Tornado acompanharam a flotilha de oito navios russos no momento em que esta cruzava o canal da Mancha, informa o jornal The Times. 


Sputnik

As aeronaves da Força Aérea Real Britânica sobrevoaram a baixa altitude o grupo naval, pertencente à Frota do Norte russa, para demonstrar sua presença na área. 


Caça Tornado da Força Aérea britânica
Panavia Tornado da RAF © REUTERS/ Russell Cheyne


Além disso, os pilotos britânicos tomaram várias fotografias assim como gravaram um vídeo para "examinar o que há nos navios", segundo informaram fontes do Ministério da Defesa do Reino Unido à edição The Times.
 

O objetivo da campanha da Frota do Norte no Mar Mediterrâneo será a reação a ações de pirataria e terrorismo e a garantia da segurança de navegação da Federação da Rússia na região. O grupo naval é composto pelo porta-aviões Admiral Kuznetsov, o cruzador pesado Pyotr Veliky, os navios antissubmarino Severomorsk e Vitse-Admiral Kulakov e navios de abastecimento.

A campanha da Frota do Norte russa causou preocupações do Ocidente. A OTAN acredita que Moscou deslocou toda a sua Frota do Norte para a Síria, enquanto vários tabloides britânicos publicam matérias alarmistas.


Postar um comentário