Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

PropHiper - Mais rápido do que uma bala

Pesquisadores brasileiros desenvolvem veículo aéreo que se deslocará em velocidade hipersônica
DefesaNet

Se tudo correr como planejado, a Força Aérea Brasileira (FAB) realizará dentro de dois anos o ensaio em voo do primeiro motor aeronáutico hipersônico feito no país. O teste integra um projeto mais amplo cujo objetivo é dominar o ciclo de desenvolvimento de veículos hipersônicos, que voam, no mínimo, a cinco vezes a velocidade do som, ou Mach 5.
Mach é uma unidade de medida de velocidade correspondente a cerca de 1.200 quilômetros por hora (km/h). O programa é coordenado pelo Instituto de Estudos Avançados (IEAv), um dos centros de pesquisa do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) da FAB, em parceria com a empresa Orbital Engenharia, ambos de São José dos Campos (SP).

Além do motor hipersônico, o projeto Propulsão Hipersônica 14-X (PropHiper), iniciado em 2006, prevê a construção de um veículo aéreo não tripulado (VANT), onde o motor será instalado. Batizado de 14-X, …

Cai a primeira linha de defesa dos terroristas em Mossul

No primeiro dia da operação de libertação de Mossul, cidade ocupada há dois anos pelos terroristas do Daesh, o exército iraquiano já apresenta os primeiros êxitos. 


Sputnik

De acordo com o chefe da Aliança Civil Democrática do Iraque, Mithal al-Aulasi, que falou com a Sputnik Árabe, todos os lados aliados mantêm coordenação mútua estrita de todas as suas ações, sem ultrapassar os limites das tarefas concretas. 


Peshmerga (unidades armadas dos curdos iraquianos) se aproxima a Mossul do leste, em 17 de outubro de 2016
Peshmergas se aproximam de Mossul, no Iraque © REUTERS/ Azad Lashkari


"Nos próximos dias, os combates irão ser mais complicados, porque o confronto irá ser na rua. A primeira linha de defesa dos terroristas do Daesh em Mossul já caiu. Nas próximas horas, as ações militares já devem ocorrer na cidade de Mossul propriamente dita, porque as nossas forças estão se aproximando dela com grande velocidade", disse al-Aulasi. 

De acordo com ele, todos os blocos políticos e todas as partes da sociedade iraquiana apoiam a operação, aguardando um resultado positivo já em breve. 

Segundo al-Aulasi, participam da libertação de Mossul cerca de 60 mil pessoas, incluindo as Forças Armadas do Iraque, a polícia federal, as unidades peshmerga, da etnia curda, e outros grupos da milícia popular.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas