Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Diferentes e parecidos: em que aspectos F-16 e MiG-29 se desafiam

Famoso, leve, universal e ainda relevante: há 40 anos, em 15 de agosto de 1978, a Força Aérea dos EUA adotou em serviço um caça multifuncional de quarta geração – o F-16.
Sputnik

No total, até 2018, mais de 4.500 aeronaves desse tipo foram construídas. Por sua produção em massa o "falcão de ataque", como os pilotos batizaram respeitosamente a aeronave, é um recorde mundial absoluto entre os caças leves. E por suas capacidades de voo e combate o F-16 figura ao mesmo nível dos principais concorrentes – os caças soviéticos e russos MiG-29.

Nesta matéria, a Sputnik apresenta as semelhanças e diferenças entre esses projetos, implementados quase simultaneamente.

Pequeno e armado

Na década de 1970, antes da introdução do caça pesado F-15 Eagle, a Força Aérea dos EUA percebeu que necessitava de um aparelho mais barato, simples e tecnologicamente avançado – um caça tático leve para obter superioridade aérea local. Cinco empresas norte-americanas apresentaram seus projetos. O Pentágono con…

Concluída modernização do submarino nuclear russo Podmoskovie

O Centro de Reparação Naval do estaleiro Zvezdochka, que faz parte da Corporação Unida de Construção Naval da Rússia, concluiu os trabalhos de manutenção e modernização do grande submarino nuclear BS-64 Podmoskovie, informou a assessoria de imprensa do fabricante na segunda-feira (24). 


Sputnik

O submarino nuclear Podmoskovie iniciou testes no mar Branco pela primeira vez após uma pausa de 16 anos. Durante esse período, o submarino foi reequipado na cidade portuária russa de Severodvinsk para ser portador de minissubmarinos. 


Submarino nuclear russo BS-64 Podmoskovie
Submarino nuclear BS-64 Podmoskovie © Foto: Zvezdochka shipyard
 
Segundo o comunicado da assessoria, "no sábado, 22 de outubro, o navio abandonou a bacia do fabricante e saiu ao mar para realizar um programa de testes".

A construtora naval informa que durante a verificação os tripulantes pretendem checar todo o conjunto de sistemas e mecanismos do submarino para testar suas características projetadas.


O submarino portador de mísseis estratégicos BS-64 Podmoskovie, anteriormente conhecido como K-64, do projeto 667BDRM Delfin do Gabinete Central de Projetos de Engenharia Naval Rubin, é o terceiro de sete submarinos desta classe já construídos. O BS-64 foi posto ao serviço da Marinha da URSS em 1987 e no mesmo ano realizou seu primeiro teste com provas no polígono do mar Branco. Em 1999, foram iniciados trabalhos de reparação do submarino com o objetivo de reequipá-lo para ser portador de minissubmarinos.

O Podmoskovie pode transportar uma guarnição de 135 homens e está armado com mísseis balísticos a combustível líquido R-16 29RMU Sineva. O BS-64 passará a integrar a Frota do Norte russa.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas