Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Radicais sírios estariam recebendo armamento dos EUA através da fronteira com Jordânia

Enquanto o exército sírio parece estar pronto para uma grande ofensiva na província de Daraa, os grupos radicais que operam na região estariam recebendo grandes remessas de material bélico "Made in USA".
Sputnik

Os grupos militantes que atuam no sul da Síria receberam uma grande quantidade de armas e munições fabricadas nos EUA, incluindo mísseis antitanque TOW, informou a agência de notícias FARS.

De acordo com a FARS, o armamento foi entregue através da fronteira com a Jordânia no âmbito de um novo plano dos EUA para assegurar mais apoio a estes grupos na Síria.

A agência informou também que os grupos militantes na província de Daraa começaram a se preparar para impedir a ofensiva do exército sírio.

No início deste mês, o exército sírio intensificou as ações no sudoeste do país, controlado por radicais, perto da fronteira com a Jordânia e as Colinas de Golã, ocupadas por Israel.

O Ministério da Defesa da Rússia acrescentou que as forças do governo sírio, apoiadas por um grande a…

EUA comprometeram-se a resolver o problema da presença dos militares turcos no norte do Iraque

EUA comprometeram-se a resolver o problema da presença dos militares turcos no norte do Iraque, declarou à Sputnik uma fonte diplomática. 

Sputnik

Há cerca de um ano, os militares turcos entraram no território iraquiano alegando que o objetivo principal estaria ligado à luta contra o Daesh (organização terrorista proibida na Rússia). As autoridades do Iraque declararam que a presença militar da Turquia não foi acordada e a soberania do país foi violada. 
Soldado turco na fronteira entre Turquia e Iraque. Foto de arquivo
Soldado turco no Iraque © AFP 2016/ MUSTAFA OZER
"Os EUA pediram ao Iraque que esperasse e não convocasse uma reunião do Conselho de Segurança da ONU sobre a questão da invasão turca no Iraque, ficando [os EUA] responsáveis pela saída das tropas turcas imediatamente", disse o diplomata.

Como informou a assessoria do Ministério das Relações Exteriores do Iraque, na quinta-feira, o ministro Ibrahim al-Shiqr al- Jaafari ligou para seu colega egípcio, Sameh Shoury, reforçando o apoio do Egito na questão turca.

Anteriormente, o parlamento iraquiano aprovou resolução que expressa o protesto do país contra a presença de militares turcos perto de Mossul. Os parlamentares exigiram que o governo do Iraque tome as medidas legais e diplomáticas necessárias, incluindo a verificação das relações econômicas entre os dois países. 
A Turquia afirma que os militares estão no Iraque legalmente e que os mesmos ajudam na luta contra o Daesh a pedido do governo iraquiano. O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, disse que o acampamento turco perto de Mossul foi instalado na região durante o mandato do primeiro-ministro turco, Ahmet Davutoglu.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas