Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Oficial do Hezbollah: nossos mísseis podem atingir qualquer ponto de Israel

O Hezbollah é capaz de atingir qualquer ponto em Israel com seus mísseis, disse Sheikh Naim Qassem, secretário-geral adjunto do movimento libanês Hezbollah em entrevista ao jornal iraniano al-Vefagh.
Sputnik

"Não há um único ponto nos territórios ocupados fora do alcance dos mísseis do Hezbollah", disse Qassem.


Segundo o alto funcionário, os mísseis servem para impedir Israel de iniciar outra guerra com o Líbano, expondo a "frente israelense".

Qassem comentou também a guerra na Síria, onde o Hezbollah desempenhou um papel ativo na assistência ao governo sírio contra vários agrupamentos terroristas, incluindo o Daesh e Frente al-Nusra (grupos terroristas proibidos na Rússia). O funcionário elogiou as vitórias alcançadas contra os terroristas, mas criticou os EUA por sua suposta obstrução ao processo de paz.

As tensões entre Tel Aviv e o movimento libanês xiita Hezbollah aumentaram em 4 de dezembro depois que as tropas israelenses lançaram a operação Northern Shield, dest…

EUA comprometeram-se a resolver o problema da presença dos militares turcos no norte do Iraque

EUA comprometeram-se a resolver o problema da presença dos militares turcos no norte do Iraque, declarou à Sputnik uma fonte diplomática. 

Sputnik

Há cerca de um ano, os militares turcos entraram no território iraquiano alegando que o objetivo principal estaria ligado à luta contra o Daesh (organização terrorista proibida na Rússia). As autoridades do Iraque declararam que a presença militar da Turquia não foi acordada e a soberania do país foi violada. 
Soldado turco na fronteira entre Turquia e Iraque. Foto de arquivo
Soldado turco no Iraque © AFP 2016/ MUSTAFA OZER
"Os EUA pediram ao Iraque que esperasse e não convocasse uma reunião do Conselho de Segurança da ONU sobre a questão da invasão turca no Iraque, ficando [os EUA] responsáveis pela saída das tropas turcas imediatamente", disse o diplomata.

Como informou a assessoria do Ministério das Relações Exteriores do Iraque, na quinta-feira, o ministro Ibrahim al-Shiqr al- Jaafari ligou para seu colega egípcio, Sameh Shoury, reforçando o apoio do Egito na questão turca.

Anteriormente, o parlamento iraquiano aprovou resolução que expressa o protesto do país contra a presença de militares turcos perto de Mossul. Os parlamentares exigiram que o governo do Iraque tome as medidas legais e diplomáticas necessárias, incluindo a verificação das relações econômicas entre os dois países. 
A Turquia afirma que os militares estão no Iraque legalmente e que os mesmos ajudam na luta contra o Daesh a pedido do governo iraquiano. O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, disse que o acampamento turco perto de Mossul foi instalado na região durante o mandato do primeiro-ministro turco, Ahmet Davutoglu.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas