Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia não considera Patriot como alternativa ao S-400, diz parlamentar turco

Washington está negociando com Ancara quanto à possibilidade de fornecimento dos sistemas de defesa antiaérea norte-americanos Patriot no lugar dos S-400 russos, escreveu a revista turca Sabah, citando a assessora do Secretário de Estado dos EUA em questões políticas, Tina Kaidanow.
Sputnik

Kaidanow relevou que o Departamento do Estado está negociando com a Turquia para "tentar dar a entender aos turcos o que se pode fazer em relação aos Patriot".

"Estamos preocupados que a compra dos sistemas russos de defesa antiaérea seja uma espécie de apoio para a Rússia que, pelo que vimos, não se comporta bem em várias partes do mundo, inclusive na Europa", afirmou a assessora, citada pela edição turca.

Um representante do Ministério das Relações Exteriores turco, que pediu anonimato, comentou à Sputnik Turquia sobre a situação quanto às compras dos S-400 por Ancara, bem como quanto ao diálogo com os EUA.
"A nossa postura em relação aos S-400 foi reiterada por diversas vezes…

EUA detectam teste malsucedido de míssil na Coreia do Norte

Teste que falhou foi com míssil balístico intermediário.
EUA dizem que vão levar episódio à ONU.


Reuters


O Exército norte-americano detectou um teste malsucedido com um míssil balístico intermediário da Coreia do Norte, perto da cidade de Kusong, no noroeste do país, disse o Pentágono neste sábado (15). 


Resultado de imagem para missil coreia do norte
Foto em que líder norte-coreano, Kim Jong-un, observa lançamento de míssil de submarino | EPA KCNA

“Condenamos veementemente este e os outros recentes testes de mísseis por parte da Coreia do Norte”, afirmou o comandante da Marinha dos EUA e porta-voz do Pentágono, Gary Ross.

“Pretendemos levar nossas preocupações à ONU para aumentar a pressão internacional para responsabilizar a República Popular Democrática da Coreia por essas ações.”

Ross afirmou que o compromisso dos EUA com a defesa de seus aliados na região, incluindo a Coreia do Sul e o Japão, permanece rígido diante de tais ações dos norte-coreanos.

O Pentágono disse que o lançamento do míssil não representa uma ameaça à América do Norte.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas