Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel prende o governador palestino de Jerusalém

Motivo da detenção foram crimes cometidos na Cisjordânia ocupada, segundo a Organização para a Libertação da Palestina.
France Presse

Israel prendeu o governador palestino de Jerusalém por crimes que teria cometido na Cisjordânia ocupada, que não foram especificados, informou a Organização para a Libertação da Palestina (OLP).

O governador Adnan Gheith foi detido no sábado (20) à noite no bairro palestino de Beit Hanina, em Jerusalém Oriental, ocupada e anexada por Israel. Será apresentado a um tribunal dentro de quatro dias, afirma a OLP em um comunicado.

Para o dirigente da OLP Saeb Erakat, a detenção é "um novo passo contra a presença palestina em Jerusalém" e constitui uma violação da legislação israelense a respeito das instituições palestinas da cidade.

"As ameaças contra dirigentes palestinos, sua detenção, inclusive o 'sequestro' do governador Gheith, são parte de um plano que pretende sufocar todas as bases de uma solução política com dois Estados e com as f…

EUA exportarão US$ 75 milhões em armas e serviços para os Emirados Arabes

O Departamento de Estado norte-americano aprovou uma venda no valor de 75 milhões de dólares em armamentos para os Emirados Árabes Unidos, segundo anunciou a Agência de Cooperação em Segurança da Defesa (DSCA) dos Estados Unidos nesta segunda-feira.


Sputnik

Em nota, a DSCA afirmou que o negócio proposto contribui de forma significativa para a política externa e para a segurança nacional dos EUA, uma vez que possibilita ao seu aliado empregar esses produtos em exercícios realizados no âmbito das coalizões das quais faz parte. 


Resultado de imagem para emirados arabes unidos

"O governo dos EAU requisitou uma possível venda a incluir participação em exercícios militares, reabastecimento aéreo, transporte aéreo, assistência, dispositivos e munições para treinamento, serviços de apoio técnico e logístico e outros elementos relacionados de logística e apoio em programa. O custo estimado é de 75 milhões de dólares".

De acordo com o documento, "a venda desses equipamentos e apoio não altera o equilíbrio militar básico na região". 


Postar um comentário

Postagens mais visitadas