Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Única mulher a bordo do submarino argentino desaparecido é oficial pioneira

Eliana María Krawczyk, de 35 anos, é a 'primeira submarinista' da Argentina. O ARA San Juan desapareceu com 44 tripulantes no Atlântico Sul.
G1

Única mulher no submarino militar argentino desaparecido com 44 tripulantes no Atlântico Sul, Eliana María Krawczyk, de 35 anos, é descrita pela imprensa local como primeira oficial submarinista do país e da América do Sul. Ela ocupa o cargo de chefe de armas do ARA San Juan, que perdeu contato com a terra na sexta-feira (17).

Eliana nasceu em Oberá, na província de Misiones, no nordeste da Argentina, e só conheceu o mar aos 21 anos de idade, destaca o perfil do jornal "Clarín". Após se formar no ensino médio, ela se matriculou na Universidade de Misiones para fazer faculdade de Engenharia Industrial.

Duas tragédias familiares levaram Eliana a desistir do curso: a morte de um irmão, em um acidente de trânsito, e a morte da mãe, em decorrência de um problema cardíaco.

Em um perfil publicado em 2015 na revista "Viva", que …

EUA exportarão US$ 75 milhões em armas e serviços para os Emirados Arabes

O Departamento de Estado norte-americano aprovou uma venda no valor de 75 milhões de dólares em armamentos para os Emirados Árabes Unidos, segundo anunciou a Agência de Cooperação em Segurança da Defesa (DSCA) dos Estados Unidos nesta segunda-feira.


Sputnik

Em nota, a DSCA afirmou que o negócio proposto contribui de forma significativa para a política externa e para a segurança nacional dos EUA, uma vez que possibilita ao seu aliado empregar esses produtos em exercícios realizados no âmbito das coalizões das quais faz parte. 


Resultado de imagem para emirados arabes unidos

"O governo dos EAU requisitou uma possível venda a incluir participação em exercícios militares, reabastecimento aéreo, transporte aéreo, assistência, dispositivos e munições para treinamento, serviços de apoio técnico e logístico e outros elementos relacionados de logística e apoio em programa. O custo estimado é de 75 milhões de dólares".

De acordo com o documento, "a venda desses equipamentos e apoio não altera o equilíbrio militar básico na região". 


Postar um comentário