Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

EUA negam fornecer ajuda aos rebeldes sírios para derrubar Assad

Os Estados Unidos não fornecem armas ou equipamentos militares às forças da oposição síria que lutam para derrubar o regime de Bashar Assad, segundo garantiu o Pentágono nesta segunda-feira.


Sputnik


"O Departamento de Defesa segue focado na luta contra o Daesh, e não presta qualquer apoio material à oposição que segue lutando contra o regime sírio", afirmou à RIA Novosti o major Adrian Rankine-Galloway, relações públicas da Defesa americana. De acordo com o militar, Washington monitora os grupos para os quais fornece ajuda com o objetivo de garantir que essas armas sejam utilizadas apenas contra os terroristas do Daesh. 

Resultado de imagem para tow
Rebelde sírio utilizando o míssil BGM-71 Tow, o mesmo que derrubou um helicóptero russo na Síria

Mais cedo, o chefe de Operações do Estado-Maior das Forças Armadas da Rússia, tenente-general Sergei Rudskoi, declarou que os extremistas da Síria que combatem as forças de Damasco continuavam recebendo equipamentos militares modernos de fabricação norte-americana, incluindo sistemas de mísseis TOW, utilizados para destruir veículos blindados.


Postar um comentário