Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel concentra mais forças na fronteira com Faixa de Gaza e está pronto a agir

As Forças de Defesa de Israel (IDF, na sigla em inglês) concentraram mais forças na fronteira com a Faixa de Gaza e estão prontas para usá-las se for necessário, comunica a assessoria da entidade militar.
Sputnik

A decisão foi tomada no decurso da reunião no Estado-Maior e é uma resposta aos combates de ontem (11), que causaram morte de um militar israelense e sete palestinos.


"As IDF aumentaram suas forças no Distrito Sul e estão dispostas, se for preciso, a agir com mais vigor", destaca o comunicado da entidade.

No decurso da operação militar que teve lugar no enclave palestino neste domingo (11) um tenente coronel de uma unidade especial israelense foi morto. Ao mesmo tempo, a parte palestina perdeu sete homens, inclusive um comandante militar. Após os confrontos, os palestinos lançaram 17 mísseis contra o sul de Israel, dois deles foram interceptados pelos sistemas de defesa antiaérea Iron Dome (Cúpula de Ferro).

Foi igualmente informado que, tendo em conta a situação, o prim…

EUA sobre proposta humanitária russa em Aleppo: 'Tarde demais'

O porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Mark Toner, declarou nesta segunda-feira (17) declarou que "já é tarde" para adotar passos humanitários na cidade síria de Aleppo. 

Sputnik

Ao responder o correspondente do canal RT sobre a avaliação dos Estados Unidos em relação à proposta do Estado-Maior russo de realizar uma 'pausa humanitária' em Aleppo para o acesso de organizações de ajuda humanitária à região, o porta-voz afirmou que os EUA acolhem quaisquer ações para diminuir o sofrimento da população de Aleppo. 
Região controlada por rebeldes em Aleppo - foto de 29 de julho de 2016
Região controlada por rebeldes em Aleppo, Síria © AFP 2016/ KARAM AL-MASRI
"Nós acolhemos quaisquer ações que podem diminuir o sofrimento dos moradores de Aleppo, mas, pra falar a verdade, já é tarde demais para tais passos", disse Mark Toner. 
O chefe de Operações do Estado-Maior russo, tenente-general Sergei Rudskoi, declarou nesta segunda-feira (17) que Moscou estava pronta para interromper as hostilidades a qualquer momento e permitir o acesso das organizações humanitárias à cidade síria de Aleppo. 
Postar um comentário

Postagens mais visitadas