Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Erdogan: exército sírio parou de avançar para Afrin

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, declarou que as tropas do governo sírio deixaram de avançar para a cidade de Afrin "após consultas", realizadas pelo líder turco nesta segunda-feira.
Sputnik

As tropas do governo sírio "foram realmente detidas ontem (segunda-feira)", afirmou Erdogan, segundo a agência de notícias Anadolu. Segundo o chefe de Estado, isso aconteceu "após consultas". No entanto, Erdogan não especificou à que consultas estaria se referindo.


Nesta segunda-feira, o líder turco discutiu a situação em Afrin durante conversa telefônica com seus homólogos russo e iraniano, Vladimir Putin e Hassan Rouhani.

Erdogan também afirmou que as milícias pró-governo que tentaram entrar em Afrin nesta terça-feira, e que foram repelidas pelas tropas turcas, o fizeram por iniciativa própria.

"A milícia síria decidiu entrar em Afrin por conta própria. Isso é inaceitável e não ficará sem resposta", alertou Erdogan.

Anteriormente, a imprensa infor…

Explosão mata 8 pessoas em Bagdá

Pelo menos oito pessoas morreram neste domingo, após uma explosão em uma das feiras da capital do Iraque, Bagdá, informou agência Reuters, que citou fontes da polícia local e nos ambulatórios. 

Sputnik

Segundo dados preliminares, o explosivo estava escondido dentro de um carro. 
Local de explosão de carro-bomba, em Karrada, Bagdá, Iraque
Local da explosão em Karrada, Bagdá © REUTERS/ Khalid al Mousily
A agência Al Mada informou a morte de 10 pessoas e pelo menos 30 feridos. 
Segundo a imprensa local, o ataque terrorista, que aconteceu no distrito de Hurriya, estaria relacionado à grande ofensiva do governo iraquiano, com suporte da coalizão internacional liderada pelos EUA, à Mossul, no norte do país. Mossul, ocupada desde 2014 pelo Daesh, é o baluarte do grupo terrorista no país. 

Postar um comentário