Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Força Aérea israelense anuncia estreia global do caça F-35 em combate

Israel foi o primeiro país ao qual os Estados Unidos autorizaram a venda do caça invisível
Juan Carlos Sanz | El País
Jerusalém - A Força Aérea de Israel revelou nesta terça-feira que foi a primeira a utilizar em combate o F-35, o ultramoderno caça furtivo indetectável para os radares inimigos. O chefe da aeronáutica israelense, general Amikam Nirkin, fez o comunicado aos comandantes das forças aéreas de vários países reunidos ao norte de Tel Aviv.

O general Nirkin mostrou a seus colegas – procedentes dos EUA, Itália, França, Índia e Brasil, entre outros países – a imagem de vários F-35 sobre Beirute, enquanto confirmava que esses aviões tinham participado de ataques em duas frentes.

“O esquadrão do F-35 está em operação e já sobrevoa todo o Oriente Médio”, afirmou o chefe da força aérea.

Nirkin reiterou que, há duas semanas, a Guarda Revolucionária iraniana disparou 32 foguetes contra as Colinas de Golã, planalto sírio ocupado por Israel desde 1967 e que, em resposta à agressão, a aviação…

Gases tóxicos: Quase mil pessoas tratadas por problemas respiratórios ao sul de Mossul

Cerca de 1.000 pessoas foram tratadas por problemas respiratórios ligados a gases tóxicos de uma fábrica de enxofre que teria sido incendiada por militantes do Daesh (Estado Islâmico) perto da cidade de Mossul.


Sputnik


Nenhuma morte foi relatada em conexão com o incidente, disseram as fontes no hospital em al-Qayyara, uma cidade ao sul de Mossul, segundo relata a Reuters neste sábado (22). Os primeiros casos teriam começado a chegar na sexta-feira de manhã. 


Hospital em Mossul Iraque
Hospital em Mossul, Iraque © AFP 2016/ SAFIN HAMED

A fábrica de enxofre pegou fogo no início desta semana, enquanto o exército iraquiano expulsava os jihadistas do Daesh da área de Mishraq, norte de al-Qayyara. Ainda segundo a Reuters, militares dos EUA disseram que os militantes haviam deliberadamente ateado fogo na instalação.


Postar um comentário