Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Moscou revela fotos de material bélico dos EUA nas posições do Daesh

O Ministério da Defesa da Rússia publicou na sua conta no Facebook fotos aéreas de posições do Daesh (organização proibida na Rússia), perto da cidade de Deir ez-Zor, nas quais se vê material bélico dos EUA.
Sputnik

"Graças às fotografias aéreas captadas entre 8 e 12 de setembro de 2017, perto das posições do Daesh foi detectado um grande número de veículos blindados norte-americanos Hummer que estão em serviço das forças especiais dos EUA", informou o ministério.


Segundo o ministério, nas fotos é claramente visível o posicionamento das forças especiais dos EUA em pontos de apoio que anteriormente foram equipados pelos terroristas. Nas fotos não há nenhuns vestígios de ataques, bem como de confrontos com os terroristas ou crateras provocadas por ataques aéreos realizados pela coalizão internacional liderada pelos EUA.

"Embora os pontos de apoio dos destacamentos das Forças Armadas dos EUA estejam nas zonas das atuais posições do Daesh, não existem quaisquer vestígios de pre…

Irã envia navios militares para costa do Iêmen

O Irã enviou dois navios militares para o Golfo de Áden e Estreito Bab-el-Mandeb, perto da costa iemenita. 


Sputnik

Espera-se que as embarcações garantam a segurança de vários barcos comerciais que passam por áreas sujeitas à ameaça de pirataria, informa a agência Tasnim. 


Fragata iraniana Alvand durante uma missão
Fragata Alvand | © AFP 2016

O grupo naval, que será enviado, é composto pelo navio de apoio Busher e fragata Alvand.

A edição informa que, após essa missão, os navios seguirão em direção à Somália e Tanzânia e, caso as condições meteorológicas permitam, navegarão rumo à África do Sul.

Anteriormente, foi informado que o destróier USS Mason da Marinha dos EUA sofreu tentativa de ataque de dois mísseis, na segunda-feira (10), que não causaram nenhum dano à embarcação e caíram no mar. Passados dois dias, na quarta-feira (12), houve mais um ataque, também com uso de dois mísseis colocando em perigo o navio USS Ponce, que acompanhava o destróier norte-americano. Os rebeldes houthis negam seu envolvimento nos ataques.


Postar um comentário