Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

Mais de 1.200 terroristas, inclusive homens-bomba, preparam-se para atacar Aleppo

Mais de 1.200 extremistas, inclusive 30 homens-bombas, estão se preparando para uma ofensiva contra a cidade síria de Aleppo a partir de sudoeste, declarou o chefe da Direção-Geral Operacional do Estado-Maior do Exército russo, Sergei Rudskoy.

Sputnik
Ele sublinhou que os terroristas estão usando o cessar-fogo para seus próprios interesses. Foi observada sua concentração em torno de Aleppo e os preparativos para mais uma ofensiva para romper o cerco até à parte oriental da cidade, acrescentou Rudskoy. 
Militantes da Frente al-Nusra dirigem pelas ruas de Aleppo
Terroristas da Frente al-Nusra nas ruas de Aleppo © REUTERS/ Ammar Abdullah

"No total, para a ofensiva contra Aleppo a partir de sudoeste está se concentrando um agrupamento de formações armadas ilegais com mais de 1.200 elementos, incluindo 30 homens-bombas. Eles têm como armamento tanques, veículos blindados e caminhonetes com metralhadoras de grande calibre", disse Rudskoy. 
Rudskoy notou que os agrupamentos criminosos, que atuam em Aleppo, continuam recebendo armas e munições, e que agora eles começaram recebendo mísseis antiaéreos portáteis.
Postar um comentário