Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Radicais sírios estariam recebendo armamento dos EUA através da fronteira com Jordânia

Enquanto o exército sírio parece estar pronto para uma grande ofensiva na província de Daraa, os grupos radicais que operam na região estariam recebendo grandes remessas de material bélico "Made in USA".
Sputnik

Os grupos militantes que atuam no sul da Síria receberam uma grande quantidade de armas e munições fabricadas nos EUA, incluindo mísseis antitanque TOW, informou a agência de notícias FARS.

De acordo com a FARS, o armamento foi entregue através da fronteira com a Jordânia no âmbito de um novo plano dos EUA para assegurar mais apoio a estes grupos na Síria.

A agência informou também que os grupos militantes na província de Daraa começaram a se preparar para impedir a ofensiva do exército sírio.

No início deste mês, o exército sírio intensificou as ações no sudoeste do país, controlado por radicais, perto da fronteira com a Jordânia e as Colinas de Golã, ocupadas por Israel.

O Ministério da Defesa da Rússia acrescentou que as forças do governo sírio, apoiadas por um grande a…

Mega saldão de caças do ‘Tio Sam’ para o Oriente Médio

Poder Aéreo

A Casa Branca aprovou a venda caças para Qatar, Bahrein e Kuwait, informo o presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado. 


F-16A Fighting Falcons and F-15C and F-15E Eagles fly over burning oil fields during Desert Storm. Operation Desert Storm began Jan. 17, 1991.

O pacote inclui 72 Boeing F-15E Strike Eagle para Qatar e até 40 Boeing F/A-18 E/F Super Hornet para o Kuwait. Também faz parte do pacote a venda de caças Lockheed Martin F-16 para o Bahrein.

O Pentágono e do Departamento de Estado já tinham aprovado as vendas. Agora caberá ao Congresso dos EUA a avaliação.

O Kuwait e o Qatar solicitaram as aquisições pela primeira vez mais de dois anos atrás.

Somente a venda dos F-15E deve valer algo em torno de 4 bilhões de dólares. Do total de 72 caças, 36 são pedidos firmes e os outros 36 são opções. Em relação aos Super Hornets para o Kuwait o pedido inclui 28 aviões com mais 12 opções futuras, totalizando cerca de três bilhões de dólares.

A linha de montagem do F-15 em Saint Louis estava prestes a fechar, mas ganhará novo fôlego com a confirmação dessa venda. O mesmo vale para o Super Hornet, cujas entregas para a USN encerrarão em breve.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas