Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin passa para Trump a responsabilidade de resolver conflito na Síria

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, passou a bola para que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, seja o responsável por resolver o conflito na Síria.
EFE

Helsinque - Em entrevista coletiva conjunta realizada nesta segunda-feira, em Helsinque, após a primeira cúpula entre os dois líderes, Putin também deu para Trump uma bola oficial da Copa do Mundo.

"No que se refere ao fato de a bola da Síria estar no nosso telhado, senhor presidente, o senhor acaba de dizer que organizamos com sucesso o Mundial de Futebol. Portanto, quero agora entregar esta bola. Agora, a bola está do seu lado", disse Putin.

O presidente russo fazia uma referência a uma frase do secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, que havia afirmado que a bola para resolver o conflito na Síria estava no telhado do Kremlin.

Trump agradeceu pelo presente e disse estar confiante de que EUA, México e Canadá organizarão em 2026 uma Copa do Mundo tão bem-sucedida como a da Rússia.

Na sequência, o presidente americ…

Militantes atacam posições do Exército sírio perto da estrada de Castello em Aleppo

Um correspondente da Sputnik informou que militantes atacaram posições do exército sírio perto da estrada de Castello em Aleppo.


Sputnik

A estrada de Castello é uma das saídas que devem ser usadas ​​para a evacuação de civis e militantes que queiram deixar o leste de Aleppo, região controlada por terroristas. 


Principal via para a entrega de ajuda humanitária em Aleppo, estrada de Castello
Estrada de Castello, principal via para entrega de ajuda humanitária em Aleppo © AFP 2016/ KARAM AL-MASRI

Foram ouvidos disparos de armas ligeiras e metralhadoras pesadas no local. Os soldados sírios responderam com metralhadoras, segundo relatou o correspondente. 


O ataque começou alguns minutos antes do fim da pausa humanitária dos bombardeios russos e sírios, que havia sido instaurada em Aleppo mais cedo nesta quinta-feira (20). A pausa vai durar até às 19h no horário local (16h GMT). 

Os civis são encorajados a deixar a zona de guerra através de seis corredores, enquanto outros dois são reservados para os militantes dispostos a depor as armas. 

No começo do dia, uma fonte das milícias locais disse à Sputnik que os militantes da Frente al-Nusra, atualmente conhecida como Jabhat Fatah al-Sham, haviam atirado contra os civis que queriam deixar Aleppo pelo corredor humanitário de Bustan al-Qasr.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas