Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

Rebeldes sírios tomam cidade de Dabiq do Estado Islâmico

Eles tiveram apoio da Turquia para tomar Dabiq.
Agência diz que 9 rebeldes morreram e outros 28 ficaram feridos.


France Presse


Rebeldes sírios com apoio da Turquia tomaram neste domingo (16) o controle de Dabiq, uma localidade próxima à fronteira turca até agora em mãos do grupo Estado Islâmico (EI), informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH). 


Combatentes do Exército de Libertação da Síria lutam contra jihadistas do Estado Islâmico em Dabiq, no norte do país, no sábado (15). Cidade é considerada estratégica para os jihadistas  (Foto: Nazeer al-Khatib / AFP)
Combatentes do Exército de Libertação da Síria lutam contra jihadistas do Estado Islâmico em Dabiq, no norte do país, no sábado (15). Cidade é considerada estratégica para os jihadistas (Foto: Nazeer al-Khatib / AFP)

Segundo a fonte, os jihadistas do EI se retiraram com a chegada dos rebeldes, que também capturaram Soran, uma localidade vizinha.

A cidade no norte do país é uma fortaleza do grupo terrorista. Dabiq tem importância ideológica crucial para os jihadistas por causa de uma profecia sunita que afirma que será o local de uma batalha do fim dos tempos entre as forças muçulmanas e cristãs, de acordo com a France Presse.

Um dos grupos rebeldes, a União Fastaqim, confirmou que Dabiq caiu após violentos combates com o Daesh, o acrônimo em árabe do EI.

O grupo postou no Twitter fotos de um combatentes sentados com suas armas na parte traseira de uma caminhonete, no que parece ser o fundo da localidade de Dabiq.

A agência oficial turca Anadolu explicou que os rebeldes sírios estavam desativando bombas deixadas pelo EI, como geralmente faz quando abandona uma cidade.

Segundo a Anadolu, nove rebeldes morreram e outros 28 ficaram feridos nos combates.



Postar um comentário