Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Exército sírio bombardeia terroristas restantes no sul do país (VIDEO)

O exército sírio retomou os ataques de artilharia maciços contra os terroristas restantes na região de Tulul al Safa no deserto de As-Suwayda, no sul do país, depois de eles terem violado a trégua, segundo uma fonte do Exército.
Sputnik

De acordo com uma fonte que falou com a Sputnik Árabe, na terça-feira (16), o Exército sírio e os terroristas que ocupam as colinas de Tulul al Safa firmaram um acordo de cessar-fogo, segundo o qual os combatentes da Frente al-Nusra (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) se comprometeram a entregar as armas depois de serem cercados e sem saída.


Contudo, na manhã da quarta-feira (17) os terroristas atacaram as unidades do Exército sírio. Por sua vez, os soldados repeliram o ataque com êxito e contra-atacaram. Como resultado, dezenas de militantes foram mortos ou feridos. O Exército resolveu retomar os ataques maciços com peças de artilharia apoiadas do ar, tendo como objetivo eliminar as forças terroristas restantes até a épo…

Rebeldes sírios tomam cidade de Dabiq do Estado Islâmico

Eles tiveram apoio da Turquia para tomar Dabiq.
Agência diz que 9 rebeldes morreram e outros 28 ficaram feridos.


France Presse


Rebeldes sírios com apoio da Turquia tomaram neste domingo (16) o controle de Dabiq, uma localidade próxima à fronteira turca até agora em mãos do grupo Estado Islâmico (EI), informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH). 


Combatentes do Exército de Libertação da Síria lutam contra jihadistas do Estado Islâmico em Dabiq, no norte do país, no sábado (15). Cidade é considerada estratégica para os jihadistas  (Foto: Nazeer al-Khatib / AFP)
Combatentes do Exército de Libertação da Síria lutam contra jihadistas do Estado Islâmico em Dabiq, no norte do país, no sábado (15). Cidade é considerada estratégica para os jihadistas (Foto: Nazeer al-Khatib / AFP)

Segundo a fonte, os jihadistas do EI se retiraram com a chegada dos rebeldes, que também capturaram Soran, uma localidade vizinha.

A cidade no norte do país é uma fortaleza do grupo terrorista. Dabiq tem importância ideológica crucial para os jihadistas por causa de uma profecia sunita que afirma que será o local de uma batalha do fim dos tempos entre as forças muçulmanas e cristãs, de acordo com a France Presse.

Um dos grupos rebeldes, a União Fastaqim, confirmou que Dabiq caiu após violentos combates com o Daesh, o acrônimo em árabe do EI.

O grupo postou no Twitter fotos de um combatentes sentados com suas armas na parte traseira de uma caminhonete, no que parece ser o fundo da localidade de Dabiq.

A agência oficial turca Anadolu explicou que os rebeldes sírios estavam desativando bombas deixadas pelo EI, como geralmente faz quando abandona uma cidade.

Segundo a Anadolu, nove rebeldes morreram e outros 28 ficaram feridos nos combates.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas