Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Exército sírio retoma base aérea de Abu al-Duhur controlada por militantes desde 2015

O exército sírio expulsou os terroristas do aeródromo de Abu al-Duhur, na província de Idlib, que estava sob controle de grupos armados ilegais desde setembro de 2015, informou o Ministério da Defesa russo.
Sputnik

"Como resultado da ofensiva, as tropas sírias expulsaram os radicais do aeródromo de Abu al-Duhur que estava sob controle de grupos armados desde setembro de 2015", diz-se no comunicado do ministério russo.


O ministério também informou que as forças governamentais sírias cercaram uma grande concentração de terroristas da Frente al-Nusra (grupo terrorista proibido na Rússia) na província de Idlib.

Segundo o comunicado, as unidades de ataque das tropas governamentais, lideradas pelo general sírio Suheil Hassan, juntaram-se às forças da milícia e realizaram uma ofensiva ao longo da rodovia Aleppo-Hama.

Desta maneira, segundo o ministério russo, foi posto fim ao cerco de uma grande concentração da Frente al-Nusra na parte oriental de Idlib.

Em 10 de janeiro, uma fonte infor…

Rússia ordena aos Oficiais no exterior para regressarem a casa – Daily Mail

A notícia está a ser avançada pelo Daily Mail, a Rússia está a ordenar a todos os oficiais no exterior para regressarem a casa. O motivo apresentado é o aumento da tensão internacional e a perspetiva de uma guerra global.


Jorge Almeida | RTP

Segundo uma notícia avançada pelo jornal inglês Daily Mail, a Rússia está a ordenar a todos os Oficiais no exterior e aos seus familiares para regressarem a casa. As razões invocadas são o aumento da tensão internacional e a perspetiva de uma guerra global.


Foto: Reuters

De acordo com o site russo ZnaK.com, a ordem é extensível a todos os funcionários russos no exterior e foi pedido para as crianças serem retiradas das escolas internacionais imediatamente.

O jornal inglês teve acesso à informação através de políticos russos e de altas figuras do estado que afirmaram que a ordem foi dada pelo próprio presidente, Vladimir Putin.

Esta alegada ordem acontece um dia depois do Presidente russo ter cancelado uma visita oficial a França na sequência de afirmações do Presidente francês, François Hollande, que disse que os recentes bombardeamentos russos em Aleppo podem ser considerados “crimes de guerra”.

O ex-presidente soviético, Mikhail Gorbachev, avisou que o mundo “está numa situação perigosa” devido ao aumento da tensão entre a Rússia e os Estados Unidos.



Postar um comentário