Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares dos EUA prometem responder a possível ataque turco contra cidade síria de Manbij

Os militares norte-americanos prometeram responder a qualquer ataque contra a cidade síria de Manbij à luz de uma possível operação turca na área, afirmou o comandante do Conselho Militar de Manbij, que faz parte das Forças Democráticas da Síria (FDS), Ebu Adil.
Sputnik

Em entrevista à Sputnik Turquia, Ebu Adil comentou a resposta dos EUA às preocupações expressas pelos representantes do Conselho Militar de Manbij devido a um possível ataque contra a cidade síria por parte de Ancara.


"Há dois anos, em conjunto com as forças da coalizão liderada pelos EUA, nós limpamos Manbij do Daesh [organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países]. Desde então, na cidade se encontram forças da coalizão. Algum tempo atrás, nós falamos com os militares norte-americanos sobre um possível ataque da Turquia contra Manbij. Os militares dos EUA prometeram responder a qualquer ataque contra a cidade, de onde quer que ele provenha", afirmou o comandante do conselho.

Além disso, ele …

Rússia ordena aos Oficiais no exterior para regressarem a casa – Daily Mail

A notícia está a ser avançada pelo Daily Mail, a Rússia está a ordenar a todos os oficiais no exterior para regressarem a casa. O motivo apresentado é o aumento da tensão internacional e a perspetiva de uma guerra global.


Jorge Almeida | RTP

Segundo uma notícia avançada pelo jornal inglês Daily Mail, a Rússia está a ordenar a todos os Oficiais no exterior e aos seus familiares para regressarem a casa. As razões invocadas são o aumento da tensão internacional e a perspetiva de uma guerra global.


Foto: Reuters

De acordo com o site russo ZnaK.com, a ordem é extensível a todos os funcionários russos no exterior e foi pedido para as crianças serem retiradas das escolas internacionais imediatamente.

O jornal inglês teve acesso à informação através de políticos russos e de altas figuras do estado que afirmaram que a ordem foi dada pelo próprio presidente, Vladimir Putin.

Esta alegada ordem acontece um dia depois do Presidente russo ter cancelado uma visita oficial a França na sequência de afirmações do Presidente francês, François Hollande, que disse que os recentes bombardeamentos russos em Aleppo podem ser considerados “crimes de guerra”.

O ex-presidente soviético, Mikhail Gorbachev, avisou que o mundo “está numa situação perigosa” devido ao aumento da tensão entre a Rússia e os Estados Unidos.



Postar um comentário