Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Análise: presidente ucraniano mata sua indústria ao introduzir novas sanções contra Rússia

O presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, assinou um decreto sobre as sanções contra a Rússia adotadas pelo Conselho de Defesa e Segurança Nacional da Ucrânia. O especialista Eduard Popov falou com a Sputnik e indicou qual o principal objetivo perseguido pelo governo ucraniano com tal iniciativa.
Sputnik

Em 2 de maio, o Conselho de Defesa e Segurança Nacional da Ucrânia ampliou as medidas restritivas em relação a diversas pessoas físicas e jurídicas russas, bem como prolongou a vigência das sanções introduzidas anteriormente.

Segundo informou a assessoria de imprensa da entidade, as sanções são aplicadas a pessoas "relacionadas com a agressão no ciberespaço e no campo informacional" contra a Ucrânia, "ações criminosas" contra os cidadãos ucranianos detidos na Rússia, bem como aos deputados da Duma de Estado e do Conselho da Federação da Rússia.

O diretor do Centro de Cooperação Pública e Informativa "Europa", Eduardo Popov, disse ao serviço russo da Rádio Sp…

Washingtom Examiner: Pentágono gastou 60 bilhões durante 20 anos em armas inexistentes

Nas últimas duas décadas, o Pentágono gastou pelo menos 58 bilhões de dólares em armas que nunca saíram do papel.


Sputnik


As informações são do site Washingtom Examiner, que analisou o relatório do Pentágono, publicado nesta semana. 


Resultado de imagem para pentágono
Pentágono

No documento do vice-secretário da Defesa dos EUA, Frank Kendall, responsável pela compra de armamentos, há informações sobre 23 programas referentes à elaboração de armas de alto custo. A execução e financiamento de tais projetos foram realizados desde o princípio, sendo interrompidos posteriormente. 


Os projetos mais caros e ilógicos estão relacionados ao desenvolvimento de um sistema militar do futuro para o Exército dos EUA no valor total de mais de 20 bilhões de dólares e de projeto para criação de helicóptero de reconhecimento e ataque RAH-66 Comanche estimado em 9,8 bilhões. 

Ao mesmo tempo, os representantes do Pentágono afirmam que nem todo o montante foi gasto em vão, pois, mesmo quando um programa é interrompido, a tecnologia desenvolvida por ele pode ser usada em outros armamentos.

Postar um comentário