Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia acionará judicialmente os EUA, caso entregas dos F-35 sejam bloqueadas

Segundo o porta-voz do presidente turco, Ibrahim Kalin, a Turquia recorrerá a medidas jurídicas caso as entregas dos F-35 sejam bloqueadas pelos EUA.
Sputnik

Ibrahim Kalin citou para a mídia turca que "não é nada fácil rescindir este contrato, somos parte de um contrato multilateral, cumprimos com todas as exigências e pagamos, caso os EUA não cumpram, recorreremos à lei".

O Congresso americano decidiu recentemente suspender as entregas dos caças americanos de quinta geração F-35 à Turquia devido aos planos de Ancara de adquirir o sistema de defesa antiaérea russo S-400, além de ameaçá-la com sanções em diversas ocasiões, como citado em artigo da Sputnik Mundo.

O avançado sistema antiaéreo S-400 Triumph (SA-21 Growler, na classificação da OTAN) é capaz de abater alvos aéreos com tecnologia furtiva, mísseis de cruzeiro e mísseis balísticos táticos e táticos-operacionais, tem um alcance de até 400 km e pertence à geração 4+, sendo duas vezes mais eficaz que seus antecessores.

Os se…

Airbus entregou 11 aviões A400M nos primeiros 9 meses de 2016

Alexandre Galante | Poder Aéreo

PARIS – A Airbus Defence and Space entregou 11 aeronaves de transporte militar A400M durante os primeiros nove meses deste ano, informou a empresa em sua declaração financeira do terceiro trimestre divulgada hoje. 


Airbus A-400M Atlas

Isso é cerca de metade dos 20 aviões planejados no início do ano, mas as entregas foram interrompidas pela descoberta em março de uma falha significativa na caixa de engrenagem da hélice, para a qual uma correção temporária está sendo implementada.

Em 2015, a Airbus entregou apenas 11 das 16 aeronaves que havia prometido aos seus clientes, e durante os primeiros quatro meses de 2016, só tinha entregue três – todos elas para a Real Força Aérea do Reino Unido.

“No lado militar, nós estamos enfrentando agora um sério desafio para a produção e entrega aos clientes do A400M devido a novas questões inesperadas com a caixa de velocidades da hélice do motor. É muito frustrante, mas nós vamos ter que trabalhar por isso com os nossos parceiros de motores”, Enders disse em um comunicado 28 de abril, sobre os seus resultados financeiros do primeiro trimestre.

No entanto, na declaração de hoje sobre os resultados de 9 meses, a empresa observa que “o cronograma de entrega de aeronaves foi fortemente deslocado para o Q4 (quarto trimestre).”

Em relação ao A400M, a Airbus disse que “progresso está sendo feito no lado industrial em termos de desenvolvimento de capacidades e governança do programa, embora a situação global do programa continue a ser um desafio. A frota já completou 10.000h de voo em serviço. ”

O comunicado acrescenta que “as negociações comerciais com a OCCAR e as nações ainda deverão ser feitas sobre a revisão do calendário de entrega e suas implicações”, o que é surpreendente, dado que estas conversações deveriam ter começado em 2014.

A Airbus acrescentou que “doravante, o resultado destas negociações não pode ser estimado com segurança.”

Hoje, a Airbus também observou uma queda acentuada no seu fluxo de caixa livre de 9 meses que “também inclui carga financeira significativa para o A400M,” mas não forneceu qualquer outra indicação do estado financeiro do programa.

Clique aqui para acessar o balanço financeiro total de 9 meses, no site da Airbus.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas