Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China: 'Relatório do Pentágono distorce nossas intenções estratégicas'

A China rejeita firmemente as conclusões do relatório do Departamento de Defesa dos EUA sobre a situação militar e de segurança no país asiático, disse em comunicado o porta-voz do Ministério da Defesa chinês, Lu Kang.
Sputnik

"Em 17 de agosto, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos divulgou o relatório sobre a situação militar e de segurança na China, interpretando mal as intenções estratégicas da China e apresentando a chamada ‘ameaça militar chinesa' […] Os militares chineses expressam sua firme oposição a esse respeito", diz a declaração.

"As alegações do relatório dos EUA são pura especulação", disse Kang, explicando que o programa de modernização do Exército chinês se destina a defender "os interesses da soberania, segurança e desenvolvimento do país" e para "providenciar a paz, estabilidade e prosperidade globais".

O porta-voz do ministério chinês também reiterou a posição firme de seu país em relação a Taiwan, que ele definiu como u…

Avião militar dos EUA se aproxima de fronteira russa no Mar Báltico

Um avião de reconhecimento da Força Aérea dos EUA sobrevoou a costa russa na região do Mar Báltico. A informação foi divulgada por veículos ocidentais que acompanham a movimentação de aeronaves militares. 


Sputnik

Antes de se aproximar da fronteira russa na região de Kaliningrado, o avião RC-135W sobrevoou os territórios dos Países Baixos, Alemanha e Polônia. 


Avião de reconhecimento da Força Aérea dos EUA RC-135 (foto de arquivo)
Boeing RC-135 da USAF © AFP 2016/ GREG DAVIS / USAF


De acordo com os dados disponíveis, o avião decolou a partir da base aérea de Mildenhall, no Reino Unido.

Ultimamente, o trabalho de vigilância da Força Aérea dos EUA tem sido observado com mais intensidade nas regiões próximas às bases navais russas no Mar Báltico e Mediterrâneo, assim como na Síria. 


Em 23 de outubro, o avião de patrulha da Marinha dos EUA 'P-8A Poseidon' se aproximou das bases aéreas russas na Síria e em uma área do Mar Mediterrâneo onde supostamente se encontravam navios da Marinha da Rússia.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas