Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

TOA - MPF quer que Exército consulte indígenas antes de instalar microcentral hidrelétrica no Tumucumaque

Comunidades indígenas têm direito à consulta prévia, livre e informada sempre que empreendimentos afetem seu território
MPF | DefesaNet

O Ministério Público Federal (MPF) pediu à Justiça que determine à União, na figura do Exército Brasileiro, não instalar microcentral hidrelétrica na terra indígena do Parque do Tumucumaque (AP), até que sejam atendidos todos os requisitos constitucionais para a exploração de recursos hídricos em terra indígena. Além disso, há também a necessidade de avaliação dos impactos socioambientais do empreendimento, bem como a consulta livre, prévia e informada aos indígenas. A ação foi protocolada em 11 de outubro.

A microcentral tem o objetivo de fornecer energia elétrica para propiciar autonomia ao pelotão, composto por 45 militares, localizado na faixa de fronteira entre Brasil e Suriname, no parque do Tumucumaque. Atualmente, os militares contam apenas com oito horas diárias de energia elétrica, dependendo integralmente de geradores a diesel, óleo cujo trans…

Bombas atingem comboio de refugiados e matam 18 no Iraque

Caminhão levava pessoas de Hawija para Al Alam e foi atingido por 2 bombas.
Dezessete pessoas eram de famílias deslocadas pelo conflito; uma era policial.

Reuters

Duas bombas explodiram à beira da estrada e atingiu um comboio de famílias iraquianas que fugiam de uma cidade controlada pelo Estado Islâmico, no norte do país, matando 18 pessoas.

Resultado de imagem para comboio iraque

As bombas atingiram um caminhão que carregava pessoas de Hawija, a cerca de 120 km ao sul de Mossul, principal reduto do grupo terrorista no Itaque, para Al Alam, próxima ao Rio Tigre.

Dos mortos, 17 eram de famílias deslocadas pelo conflito, afirmou Nemaa al-Jabouri, coronel regional de polícia. Um policial que acompanhava o comboio também foi morto.

Imagens publicadas nas redes sociais por um grupo ligado ao ministro da Defesa iraquiano mostram diversos corpos carbonizados próximos a metais retorcidos que restaram do caminhão.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas