Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

TOA - MPF quer que Exército consulte indígenas antes de instalar microcentral hidrelétrica no Tumucumaque

Comunidades indígenas têm direito à consulta prévia, livre e informada sempre que empreendimentos afetem seu território
MPF | DefesaNet

O Ministério Público Federal (MPF) pediu à Justiça que determine à União, na figura do Exército Brasileiro, não instalar microcentral hidrelétrica na terra indígena do Parque do Tumucumaque (AP), até que sejam atendidos todos os requisitos constitucionais para a exploração de recursos hídricos em terra indígena. Além disso, há também a necessidade de avaliação dos impactos socioambientais do empreendimento, bem como a consulta livre, prévia e informada aos indígenas. A ação foi protocolada em 11 de outubro.

A microcentral tem o objetivo de fornecer energia elétrica para propiciar autonomia ao pelotão, composto por 45 militares, localizado na faixa de fronteira entre Brasil e Suriname, no parque do Tumucumaque. Atualmente, os militares contam apenas com oito horas diárias de energia elétrica, dependendo integralmente de geradores a diesel, óleo cujo trans…

Corredor humanitário em Aleppo foi atacado

Ministério da Defesa russo declara sobre ataque ao corredor humanitário na Síria.


Sputnik


O corredor humanitário criado para saída de combatentes armados na região ocidental da rodovia Castello na cidade síria sofreu um ataque com tiroteio. 


Estrada Castello, onde foi organizado um dos corredores humanitários de Aleppo
Estrada Castello, em Aleppo, Síria © Sputnik/ Michael Alaeddin

Cerca de 50 representantes da mídia ocidental, russa e árabe estão sendo evacuados da área do corredor humanitário. 


"O fogo foi realizado com botijões de gás a partir de sistemas reativos de criação artesanal Canhão Inferno e com morteiros", divulgou o ministério. 

No site oficial do ministério na manhã de hoje foi iniciada a transmissão ao vivo a partir das áreas dos corredores humanitários, inclusive na da rodovia Castello. Mas como resultado do ataque, o ministério informou, por via de uma postagem no Facebook que a transmissão foi interrompida.

Segundo foi divulgado até o momento, dois militares russos foram levemente feridos no ataque dos militantes. Os militares já receberam tratamento médico e não existe ameaça à vida deles.

Nesta sexta-feira (4), em Aleppo está em vigor uma pausa humanitária. Estão funcionando seis corredores para a saída de civis da cidade e dois — para a saída de militantes.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas