Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China: 'Relatório do Pentágono distorce nossas intenções estratégicas'

A China rejeita firmemente as conclusões do relatório do Departamento de Defesa dos EUA sobre a situação militar e de segurança no país asiático, disse em comunicado o porta-voz do Ministério da Defesa chinês, Lu Kang.
Sputnik

"Em 17 de agosto, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos divulgou o relatório sobre a situação militar e de segurança na China, interpretando mal as intenções estratégicas da China e apresentando a chamada ‘ameaça militar chinesa' […] Os militares chineses expressam sua firme oposição a esse respeito", diz a declaração.

"As alegações do relatório dos EUA são pura especulação", disse Kang, explicando que o programa de modernização do Exército chinês se destina a defender "os interesses da soberania, segurança e desenvolvimento do país" e para "providenciar a paz, estabilidade e prosperidade globais".

O porta-voz do ministério chinês também reiterou a posição firme de seu país em relação a Taiwan, que ele definiu como u…

Daesh escava túneis para fugir de Mossul

No quadro da operação de libertação de Mossul, o exército governamental e as forças peshmerga conseguiram recuperar dos jihadistas 81 povoados e três vilas.


Sputnik


No âmbito da ofensiva em massa contra Mossul os militantes do Daesh escavam túneis e passagens subterrâneas para escapar aos soldados do exército e forças peshmerga e para se esconderem dos ataques aéreos da coalizão. 


Daesh escava túneis para fugir de Mossul
Túnel escavado pelo Daesh para fugir de Mossul © Sputnik/ Hikmet Durgun

Um jornalista da Sputnik Turquia tomou fotos e examinou alguns túneis na povoação de Hemdaniye, libertada recentemente do Daesh, e falou com o representante das forças peshmerga Merdem Fevzi. 


Hemdaniye, situada a 10 quilômetros de Mossul, foi libertada pelas forças peshmerga nove dias atrás. Ali foram encontrados vários túneis escavados pelos terroristas do Daesh. Um deles, com um metro de largura e 300 metros de comprimento, foi escavado dentro da mesquita da povoação. Dentro dos túneis foram encontrados objetos de primeira necessidade usados pelos jihadistas. Além disso, foi descoberto que os túneis escavados pelo Daesh foram eletrificados. 

Daesh escava túneis para fugir de Mossul
© Sputnik/ Hikmet Durgun

Merdem Fevzi disse à Sputnik que a povoação foi limpa dos militantes do Daesh na sequência de violentos confrontos:

“Os jihadistas organizaram uma forte resistência, mas por fim as forças peshmerga conseguiram vencê-la. Todos os 30 militantes do Daesh foram mortos. Neste momento, estão em curso trabalhos ativos de limpeza e desminagem do território. No quadro desses trabalhos nós encontramos numerosos túneis com centenas de metros de comprimento que os jihadistas escavaram para se esconderem neles dos bombardeamentos da coalizão e, se fosse preciso, para escaparem. Os militantes dormiam e viviam dentro destes túneis esperando pelo fim dos ataques aéreos. A terra que ficava após o processo de escavação foi colocada por eles em sacos que depois foram usados para mascarar a entrada dos túneis. Nós supomos que a maior parte dos túneis foi escavada pelos militantes pouco antes do início da operação de Mossul.”
 

Em 16 de outubro de 2016, as Forças Armadas do Iraque, juntamente com outros grupos armados, que incluem as formações curdas peshmerga, iniciaram a ofensiva contra Mossul, uma das duas "capitais" do grupo terrorista Daesh.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas