Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Rússia testará novo avião de transporte militar até o final do ano

Il-112V deverá substituir modelos soviéticos An-24 e An-26, considerados obsoletos.
Nikolai Litôvkin | Russia Beyond

A nova aeronave de transporte militar Il-112V completou os testes de fábrica e está sendo preparada para o primeiro voo, que está previsto para o final de 2018.


Caso os testes sejam bem sucedidos, o Il-112V substituirá nas Forças Armadas russas os modelos An-24 e An-26, desenvolvidos no início dos anos 1960.

O Ilyushin Il-112 é um avião de transporte militar leve de asa alta que está sendo desenvolvido pela Ilyushin Aviation Complex para transporte de cargas militares, equipamentos e pessoal.

Sua capacidade de carga máxima "útil" a bordo será de até cinco toneladas.

Os projetistas pretendem desenvolver duas versões do avião: uma com hangares estendidos para o transporte de equipamentos militares, carga e soldados; e outra, civil, para o transporte de passageiros e carga leve.

O Il-112V é um monoplano com configuração aerodinâmica tradicional e dois poderosos motores…

Estônia prepara sua população para a guerra

O governo estoniano pretende completar seu programa de defesa civil contra eventuais catástrofes naturais e acidentes tecnológicos com um plano de ações militares e de segurança em caso de guerra. 

Sputnik

As respectivas informações foram publicadas na quinta-feira (06) no jornal estoniano Eesti Paevaleht. 
Tallinn, capital da Estônia
Tallin, capital da Estônia © Sputnik/ Vladimir Pesnya
Segundo Margo Klaose, chefe do grupo de defesa da população criado pelo Ministério do Interior do país, uma boa preparação dos residentes será essencial para contenção militar e poderá ajudar a prevenir ataques militares.

Ele destaca que há necessidade de aumentar os conhecimentos das pessoas, treinar suas capacidades de reagir a possíveis situações de emergência.

"O fato de os residentes estarem bem preparados é um dos argumentos para não atacar", ressaltou. 
Funcionários estonianos estão desenvolvendo programas que visam preparar as pessoas e instituições no caso de interrupção de energia elétrica, comunicações e outras situações de emergência. 
Estima-se que a primeira versão do conceito seja submetida à análise do governo no início do ano que vem.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas