Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares norte-americanos acreditam que EUA entrarão em guerra

Quase metade do Exército dos EUA está confiante de que durante o ano de 2019 seu país estará envolvido em um grave conflito armado, de acordo com o Military Times.
Sputnik

Segundo uma pesquisa recente, 46% dos participantes não duvidam que o confronto militar ocorrerá no próximo ano.


A título de comparação, em 2017, apenas 5% dos militares dos EUA esperavam um conflito armado, enquanto 50% descartaram um cenário de guerra e 4% não responderam.

Quanto aos inimigos mais prováveis, os soldados dos EUA mencionaram principalmente a Rússia e a China. Respectivamente, 72% e 69% dos entrevistados escolheram esses dois países.

Além disso, cerca de 57% estão preocupados com a presença de extremistas islâmicos nos Estados Unidos. Em particular, 48% destacaram uma possível ameaça por parte dos grupos terroristas Daesh e Al Qaeda (proibidos na Rússia e em outros países).

Exército russo vai ser equipado com novas espingardas avançadas

Os militares russos receberão mais uma arma avançada, fruto de muito trabalho de construção e pesquisa, após ter sido aprovada pelas instituições de controle. 


Sputnik

As novas espingardas para atiradores furtivos, elaboradas no âmbito do projeto de construção experimental Tochnost (‘precisão’ em russo), já podem ser postas ao serviço, comunicou aos jornalistas o director executivo do Instituto Central de Ciência e Pesquisa de Engenharia de Precisão, Dmitry Semizorov. 


vice-prêmie russo, Dmitry Rogozin, examinando uma nova arma russa (espingarda de atirador furtivo)
© Sputnik/ Sergey Mamontov

"As espingardas passaram nas provas oficiais com sucesso. Já temos a primeira encomenda", disse ele durante a quinta competição nacional de tiro ao alvo pela Copa do Presidente do Colégio Militar e Industrial da Federação da Rússia.
 

A espingarda pode ser carregada com dois tipos de cartucho: um para as balas comuns e outro para balas blindadas. A arma foi fabricada com base na estrutura da espingarda T-5000, mas foi alvo de mais de 210 alterações.

Nas competições de 4 de novembro a espingarda foi apresentada ao vice-prêmie russo, Dmitry Rogozin.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas