Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel prende o governador palestino de Jerusalém

Motivo da detenção foram crimes cometidos na Cisjordânia ocupada, segundo a Organização para a Libertação da Palestina.
France Presse

Israel prendeu o governador palestino de Jerusalém por crimes que teria cometido na Cisjordânia ocupada, que não foram especificados, informou a Organização para a Libertação da Palestina (OLP).

O governador Adnan Gheith foi detido no sábado (20) à noite no bairro palestino de Beit Hanina, em Jerusalém Oriental, ocupada e anexada por Israel. Será apresentado a um tribunal dentro de quatro dias, afirma a OLP em um comunicado.

Para o dirigente da OLP Saeb Erakat, a detenção é "um novo passo contra a presença palestina em Jerusalém" e constitui uma violação da legislação israelense a respeito das instituições palestinas da cidade.

"As ameaças contra dirigentes palestinos, sua detenção, inclusive o 'sequestro' do governador Gheith, são parte de um plano que pretende sufocar todas as bases de uma solução política com dois Estados e com as f…

Exército sírio cerca baluarte de militantes a nordeste de Damasco

Na quarta-feira (23), o exército sírio iniciou uma operação para cercar um dos baluartes dos grupos radicais no povoado de Harasta, na província de Damasco, informou uma fonte da milícia à agência RIA Novosti. 


Sputnik

Segundo a fonte, em 23 de novembro "de manhã, as forças do governo sírio lançaram uma ofensiva para cercar Harasta, situada a nordeste de Damasco (a cerca de 10 quilômetros)". 


Subúrbio de Damasco que está sob o controle da Frente al-Nusra, Síria
Subúrbio de Damasco sob controle da Frente al-Nusra © Sputnik/ Ilya Pitalev
 
"O controle deste povoado é de importância essencial para restabelecer o transporte entre a capital e a cidade de Homs", revela a mesma fonte.

Durante a última semana, o exército sírio e os destacamentos dos grupos terroristas Jaish al-Islam e Frente al-Nusra (ambos são proibidos na Rússia) se têm enfrentado em combates intensos nos arredores dos povoados de Duma e Harasta. Os militares sírios contam com apoio da aviação militar que efetua ataques maciços contra as posições fortificadas e baterias dos militantes.

Os subúrbios de Damasco continuam sendo os principais pontos na luta das forças do governo sírio contra os terroristas. De lá os grupos radicais realizam diariamente bombardeios de bairros residenciais de Damasco. 


Na segunda-feira, quatro granadas de morteiro caíram nas proximidades da Embaixada da Rússia não provocando feridos. Segundo informou a agência RIA Novosti, os projéteis foram lançados a partir do bairro de Jobar, a leste da cidade, de onde os terroristas têm bombardeado representações diplomáticas de países estrangeiros e objetivos de infraestrutura militar ao longo dos últimos cinco anos.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas